- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Avião aterra de emergência em Lisboa devido a aquecimento do trem

Avião aterra de emergência em Lisboa devido a aquecimento do trem

Um problema no trem de aterragem levou um avião da TAAG a aterrar de emergência no aeroporto da Portela, em Lisboa, nesta segunda-feira. A aeronave da companhia aérea angolana, um Boeing 777, levantara voo uma hora antes e seguia em direção a Luanda.

Um avião da companhia aérea angolana TAAG, um Boeing 777, aterrou de emergência no aeroporto de Lisboa, nesta segunda-feira, ao final da manhã, cerca de uma hora antes de ter levantado voo. O comandante do avião detetou um sobreaquecimento no trem de aterragem, problema que determinou esta aterragem em solo português.

Segundo um porta-voz da ANA, a companhia aérea de Angola acionou apenas o alerta de prevenção, que representa o nível mais baixo na escala de emergências em aterragens forçadas. O avião da TAAG seguia em direção a Luanda, mas foi obrigado a regressar à Portela.

Esta é a segunda vez num curto espaço de tempo que um Boeing 777 da TAAG aterra de emergência na capital portuguesa. Em dezembro de 2010, um aparelho que transportava 125 passageiros, teve de interromper o voo. Chegou a registar-se a queda de peças do avião, na zona de Almada, com danos materiais, mas sem feridos.

Fonte: Pt Jornal

- Publicidade -
- Publicidade -

“Num país massacrado pela Guerra Civil, o coronavírus é só mais um assassino”

Os últimos cinco anos têm sido devastadores para o Iémen. A Guerra Civil deixou o país ainda mais pobre e mal equipado para lidar...
- Publicidade -

Covid-19: Guiné-Bissau quer aumentar testagem da população

A Alta Comissária para a Covid-19 no país, Magda Robalo, afirma ter um "optimismo cauteloso" sobre a evolução da doença, mas pretende aumentar o...

Por medo da covid-19, time de futebol alemão perde por 37 a 0

Atleta adversário tivera contacto com infectado menos de duas semanas antes. Para evitar multa por não comparecimento, equipe de liga regional enviou apenas sete...

O fotógrafo mais vigiado da Alemanha Oriental

Ao documentar extensivamente a vida na RDA, Harald Hauswald teve todos os seus passos monitorados pela Stasi, a polícia secreta da ditadura comunista. Seu...

Notícias relacionadas

“Num país massacrado pela Guerra Civil, o coronavírus é só mais um assassino”

Os últimos cinco anos têm sido devastadores para o Iémen. A Guerra Civil deixou o país ainda mais pobre e mal equipado para lidar...

Covid-19: Guiné-Bissau quer aumentar testagem da população

A Alta Comissária para a Covid-19 no país, Magda Robalo, afirma ter um "optimismo cauteloso" sobre a evolução da doença, mas pretende aumentar o...

Por medo da covid-19, time de futebol alemão perde por 37 a 0

Atleta adversário tivera contacto com infectado menos de duas semanas antes. Para evitar multa por não comparecimento, equipe de liga regional enviou apenas sete...

O fotógrafo mais vigiado da Alemanha Oriental

Ao documentar extensivamente a vida na RDA, Harald Hauswald teve todos os seus passos monitorados pela Stasi, a polícia secreta da ditadura comunista. Seu...

Fernando João: “Perpetuar legado de Neto é responsabilidade colectiva”

Perpetuar o legado de Neto é uma responsabilidade colectiva que deve engajar todos os angolanos, sem excepção, afirmou o secretário de Estado da Juventude,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.