InicioDestaquesDesenvolvimento de Angola até 2025 prevê criação de 8,2 milhões de empregos...

Desenvolvimento de Angola até 2025 prevê criação de 8,2 milhões de empregos

O programa de desenvolvimento de Angola até ao ano 2025 prevê a criação de 8,2 milhões de empregos líquidos e a redução em 75 porcento do índice de pobreza, com base na erradicação da fome e da pobreza extrema, soube sexta-feira a Angop na cidade do Saurimo, província da Lunda Sul.

Os dados foram avançados durante uma palestra da ministra do Planeamento, Ana Dias Lourenço, realizada na 10ª edição do Campo Nacional de Férias dos Estudantes Universitários (Canfeu), uma iniciativa do Secretariado Nacional da JMPLA que termina no próximo sábado, com a participação de mais de 1600 cidadãos angolanos.

Segundo a governante, a estratégia de desenvolvimento de longo prazo para Angola visa multiplicar por nove a 10 vezes o produto interno bruto (PIB) per capita e reduzir a taxa média de inflação para níveis de um dígito.

“Os objectivos de Angola 2025 é garantir a coesão nacional, promover a paz e a tranquilidade, o desenvolvimento económico equitativo e sustentável, assegurar uma justa distribuição dos rendimentos, a estabilidade macro-económica, e o desenvolvimento de forma harmoniosa das regiões do país”, explicou a governante, na presença do vice-ministro dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Clemente Conjuca.

A construção de uma sociedade democrática e participativa, garantindo os direitos e liberdades dos cidadãos, conforme plasmado já na Constituição da República, consta dos objectivos do programa que foi elaborado por uma comissão inter-ministerial criada pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, e coordenada pelo Ministério do Planeamento.

Na presença da governadora provincial da Lunda Sul, Cândida Narciso, a ministra Ana Dias Lourenço enfatizou que “temos de trabalhar, fazer muito e desenvolver as nossas políticas para que essas metas sejam cumpridas”.

Assim, apelou à conjugação de esforços dos angolanos para termos um país em paz, harmonia, em que podemos viver todos bem e com um desenvolvimento humano, tendo, na ocasião, informado que o programa de Angola 2025 já está a ser implementado.

Corroborando da ideia, o primeiro secretário nacional da JMPLA, Sérgio Luther Rescova, disse que na base da agenda Angola 2025 projectos estão a ser implementados em âmbito nacional, provincial e municipais, nos diferentes sectores.

Sérgio Luther Rescova, que orienta os trabalhos da 10ª edição do Canfeu, orientou aos estudantes presentes, particularmente os membros da JMPLA, para difundirem o programa de Governação, bem como as metas e objectivos que o MPLA pretende atingir com o mesmo.

Lembrou que depois dos anos de conflito armado, urge a necessidade de reconstruir e desenvolver o país, traçando prioridades na actuação. “Há tanto por se fazer e quase tudo é prioritário”.

Manifestou-se satisfeito por neste momento o sistema de ensino superior estar implementado nas 18 províncias do país, na sequência da estratégia gizada pelo chefe de Estado angolano e do partido MPLA, José Eduardo dos Santos.

O Canfeu é um espaço de unidade, reflexão, trabalho, recreação, desporto e cultura que reúne a juventude de todo o país para proporcionar uma ampla troca de experiência e intercâmbio inter-provincial, bem como oportunidade de conhecer várias parcelas do território nacional, de modo a construir uma consciência positiva que promova o empenho individual de todos nas tarefas que visam o desenvolvimento harmonioso de Angola.

Fonte: Angop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.