- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Estudantes de Cambridge contra palestra de Strauss-Khan

Estudantes de Cambridge contra palestra de Strauss-Khan

O convite feito pela renomada universidade britânica para o ex-diretor gerente do Fundo Monetário Internacional fazer uma conferência sobre um tema econômico da atualidade, em março, desagradou aos estudantes, que assinaram uma petição contra a sua vinda.

“O estado da economia mundial” foi o tema escolhido por Dominique Strauss-Khan para a sua palestra no dia 9 de março diante dos alunos de uma das mais tradicionais universidades britânicas. Ele foi convidado pela Cambridge Union Society, a associação estudantil da faculdade.

Dar a esse homem a possibilidade de se expressar é lhe dar legitimidade pública em um momento em que ele é novamente interrogado pela polícia“, justificou a porta-voz da ala feminina da União de Estudantes da Cambridge.

A petição recolheu 355 assinaturas de alunos e alunas.

A presidente da Cambridge Union Society, Katie Lam, justificou o convite, declarando que “Dominique Strauss-Kahn é uma grande figura do FMI, uma personalidade fascinante que tem um conhecimento excepcional na sua área.” Para ela, ouvir uma conferência de Strauss-Khan não simboliza aprovação nem apoio a seus atos.

Depois de absolvido no processo penal pela agressão sexual de uma camareira do hotel Sofitel de Nova York – o que provocou sua demissão e colocou um ponto final em suas ambições presidenciais na França – Strauss-Khan retornou à vida pública em um fórum econômico em Pequim, em dezembro passado.

Mas agora ele está envolvido em um novo escândalo e pode ser convocado pela justiça no dia 28 de março para ser inculpado por cumplicidade de proxenetismo.

Com esse histórico, Strauss-Khan não é bem-vindo a Cambridge, mesmo sendo um dos mais eminentes economistas do mundo.

Fonte: RFI

- Publicidade -
- Publicidade -

Inapem e BODIVA juntam-se para ajudar empresas a obter financiamentos

A Bolsa de Divida e Valores de Angola (Bodiva) e o Instituto de Nacional de Pequenas e Medias Empresas (Inapem) celebraram um protocolo que...
- Publicidade -

Covid-19: Angolanos na África do Sul lançam “grito” de socorro

Centenas de cidadãos angolanos retidos na África do Sul por força da pandemia do coronavírus voltaram a lançar, nesta quinta-feira, um pedido para o...

Moçambique e África Sul reabrem fronteiras

O presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, Agostinho Vuma, acredita que a reabertura das fronteiras entre Moçambique e África do Sul, prevista...

Criada Biblioteca Escolar na Orquestra Camunga

A iniciativa “Um Livro Uma criança Muitas Leituras” criou, na sexta feira, a Biblioteca Escolar da Orquestra Sinfónica Camunga, na Samba, Luanda, com a...

Notícias relacionadas

Inapem e BODIVA juntam-se para ajudar empresas a obter financiamentos

A Bolsa de Divida e Valores de Angola (Bodiva) e o Instituto de Nacional de Pequenas e Medias Empresas (Inapem) celebraram um protocolo que...

Covid-19: Angolanos na África do Sul lançam “grito” de socorro

Centenas de cidadãos angolanos retidos na África do Sul por força da pandemia do coronavírus voltaram a lançar, nesta quinta-feira, um pedido para o...

Moçambique e África Sul reabrem fronteiras

O presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, Agostinho Vuma, acredita que a reabertura das fronteiras entre Moçambique e África do Sul, prevista...

Criada Biblioteca Escolar na Orquestra Camunga

A iniciativa “Um Livro Uma criança Muitas Leituras” criou, na sexta feira, a Biblioteca Escolar da Orquestra Sinfónica Camunga, na Samba, Luanda, com a...

Migrantes ilegais fogem de quartel em Tavira

Um grupo de 17 migrantes ilegais fugiu, durante a madrugada desta quinta-feira, do quartel do exército, em Tavira. Oito já foram capturados pelas autoridades, sendo...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.