- Publicidade-
InicioAngolaConstrução de moradias no Zango para efectivos da Polícia Nacional

Construção de moradias no Zango para efectivos da Polícia Nacional

O vice-ministro do Interior, Eugénio Laborinho, colocou, naquarta-feira, a primeira pedra para a construção de 652 moradias sociais para efectivos da Polícia Nacional no Zango, município de Viana.
As casas vão ser erguidas ainda este ano, num terreno de 30 hectares, no âmbito de um projecto a cargo do Cofre de Previdência do Pessoal da Polícia Nacional, de que são sócios agentes e trabalhadores civis de órgãos afectos ao Comando-Geral da corporação.
Após o acto simbólico, o vice-ministro do Interior, acompanhado pelo comandante-geral da Polícia Nacional, comissário-geral Ambrósio de Lemos, e de altas patentes da corporação, visitaram a casa modelo do tipo T3.
O projecto, que vai ser executado por uma empresa de construção civilchinesa, inclui a construção de edifícios de quatro andares, escolas, centro médico e zona desportiva. O Cofre de Previdência do Pessoal da Polícia Nacional, que actualmente tem mais de 90 mil sócios, é uma associação mutualista de utilidade pública, dotada de autonomia administrativa, financeira e patrimonial.
A associação tem como objectivos assegurar a protecção social, especial e complementar dos seus associados e respectivas famílias.
A instituição vive das contribuições dos associados e não depende de subsídios do Estado.
O Cofre de Previdência do Pessoal da Polícia Nacional presta um serviço especial de previdência social que aos efectivos e complementa a pensão de reforma subsidiada pelo Estado.O órgão emana do antigo Cofre de Previdência da Polícia de Segurança Pública do regime colonial português.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.