- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Desporto Internacional: 'Dragões' respondem ao City e também se queixam de racismo

Internacional: ‘Dragões’ respondem ao City e também se queixam de racismo

A pesada derrota de ontem em Manchester ditou a eliminação do actual detentor da Liga Europa, mas o FC Porto não se ficou por aqui. O clube vai apresentar uma queixa à UEFA em protesto contra alegados insultos racistas que os adeptos do City terão dirigido a Hulk e, como tal, faz o mesmo que os ‘citizens’ já tinham feito após a partida no Estádio do Dragão.

Resposta dos ‘dragões’ ou vingança? A derrota por 4-0 no Norte de Inglaterra poderá ter repercussões fora dos relvados, algo que dependerá da decisão da UEFA sobre as queixas apresentadas, primeiro, pelo Manchester City, e depois, pelo FC Porto.

Recorde-se que, na passada semana, os responsáveis do City enviaram uma queixa à UEFA sobre os alegados insultos racistas que os adeptos portistas terão dirigido a Mario Balotelli e a Yaya Touré, face aos alegados sons que os adeptos gritavam em uníssono, imitando o que parecia ser um macaco, cada vez que um destes jogadores tocava na bola.

A queixa proporcionou a primeira resposta dos ‘dragões’, ao defenderam que os gritos eram dirigidos a Hulk, avançado brasileiro e capitão do FC Porto, que inclusive disse que, nesse encontro, ouviu o que ouvia em todos os outros encontros.

Esta quinta-feira, ao que parece, os adeptos do City resolveram responder. Desta feita terá sido Hulk o alvo de insultos cada vez que tocava na bola e remava contra a maré que acabou por atirar contra o FC Porto uma goleada por quatro golos sem resposta.

O desportivo As avançou com a iminente queixa dos ‘dragões’, lembrando igualmente que, a 29 de Março, o Comité Disciplinar da UEFA vai primeiro analisar a queixa que os ‘citizens’ enviaram contra o FC Porto.

Assim, e mesmo já eliminado da prova que na época passada conquistou, o FC Porto ainda poderá dar que falar.

Fonte: SOL

- Publicidade -
- Publicidade -

João Lourenço: Três anos de governação em Angola e vários “tiros no pé”

Recuo na implementação das autarquias, incumprimento da promessa dos 500 mil empregos e da formação de Governo inclusivo, são algumas críticas apontadas ao Presidente...
- Publicidade -

Perito sugere reestruturação das Forças Armadas de Moçambique

O especialista em segurança Énio Chingotuane alerta que Moçambique reagiu tarde ao terrorismo. Por isso, defende a reestruturação profunda das Forças Armadas, mais investimento...

Covid-19: Analistas antecipam impacto desfavorável a JLo nas eleições de 2022

Analistas apontam impacto da Covid-19 como um dos constrangimentos que agravaram o mandato de João Lourenço, enquanto Chefe de Estado, marcado por exonerações, nomeações...

Três anos de Governo de JLo: Jovens mostram descontentamento nas ruas – MPLA denuncia campanhas de intoxicação

João Lourenço entra no seu 4º e último ano de mandato com o descontentamento social como uma das marcas deixadas neste período de governação...

Notícias relacionadas

João Lourenço: Três anos de governação em Angola e vários “tiros no pé”

Recuo na implementação das autarquias, incumprimento da promessa dos 500 mil empregos e da formação de Governo inclusivo, são algumas críticas apontadas ao Presidente...

Perito sugere reestruturação das Forças Armadas de Moçambique

O especialista em segurança Énio Chingotuane alerta que Moçambique reagiu tarde ao terrorismo. Por isso, defende a reestruturação profunda das Forças Armadas, mais investimento...

Covid-19: Analistas antecipam impacto desfavorável a JLo nas eleições de 2022

Analistas apontam impacto da Covid-19 como um dos constrangimentos que agravaram o mandato de João Lourenço, enquanto Chefe de Estado, marcado por exonerações, nomeações...

Três anos de Governo de JLo: Jovens mostram descontentamento nas ruas – MPLA denuncia campanhas de intoxicação

João Lourenço entra no seu 4º e último ano de mandato com o descontentamento social como uma das marcas deixadas neste período de governação...

Suíços rejeitam fim da livre circulação de pessoas com a UE

Partido populista de direita propôs revogar acordo bilateral com bloco europeu, alegando que país enfrenta "imigração descontrolada e excessiva". Criticada pelo governo, medida é...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.