InicioAngolaRegiõesBloco Democrático propõe debater futuro de Cabinda

Bloco Democrático propõe debater futuro de Cabinda

O Bloco Democrático anunciou que pretende realizar antes das eleições gerais em Angola uma conferência sobre o estatuto político e administrativo da província de Cabinda.

A conferência pretende levar ao debate uma ampla discussão sobre a autonomia para o enclave como forma de se pôr termo as reivindicações independentistas da região.

Esta iniciativa segundo Luís de Nascimento se encontra no manifesto político daquela organização partidária que diz ser oportuno o estabelecimento de um estatuto político e jurídico para que se atribua aos Cabindas a livre administração dos seus recursos para o crescimento económico da região.

Este anúncio surge em virtude do actual estatuto especial não trazer desenvolvimentos para a região e de não contemplar especificidades se comparado com outras regiões do país.
Para maioria dos partidos políticos Cabinda é sinónimo do petróleo por esta razão as questões dos seus recursos petrolíferos será também debatida na conferência.

Luís de Nascimento adianta que o estatuto especial atribuído pelo governo ao enclave  não tem nenhum conteúdo completo e não apresenta atribuições distintas do resto.
Para Luís de Nascimento apesar de existirem ainda restrições para um debate político o Bloco Democrático não  se vai intimidar e assegurou a criação de condições para a organização da conferência.

Luís de Nascimento levantou entretanto a possibilidade de realizar protestos se o governo voltar a inviabilizar a realização da conferência a exemplo do que aconteceu a 4 anos quando a frente para a democracia foi impedida de realizar uma conferência sobre o estatuto de autonomia para o enclave angolano rico em petróleo.

Fonte: VOA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.