- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Política Angola vai abrir embaixada em Díli

Angola vai abrir embaixada em Díli

Angola vai abrir em breve uma embaixada em Díli, anunciou hoje a encarregada de negócios de Timor-Leste em Luanda, Elda Ferreira.

Em entrevista à Angop, a diplomata timorense salientou que a abertura da embaixada angolana poderá acontecer imediatamente a seguir às eleições legislativas previstas para junho.

“Posso garantir que depois das eleições legislativas de junho, Angola terá uma embaixada residente, porque este país tem uma história própria nas relações de Timor-Leste com o resto do mundo”, disse a diplomata, citada pela Angop.

A diplomata destacou o facto de Angola ter sido o primeiro país a reconhecer a declaração unilateral de independência de Timor-Leste, em dezembro de 1975.

Na sequência da ocupação indonésia do território, Angola aceitou a abertura de uma representação diplomática de Timor-Leste, elevando à categoria de embaixada a representação da Frente de Libertação de Timor-Leste (Fretilin), tendo como embaixador Roque Rodrigues, de 1975 a 1999, que viria a ser ministro da Defesa em 2002.

Entretanto, a embaixada timorense teve de ser encerrada “temporariamente” devido a “alguns problemas financeiros” levando a “esfriar um pouco” o grau das relações entre os dois países, considerou.

Apesar desta situação, explicou a diplomata, Angola e Timor-Leste cooperam atualmente nos setores da Defesa, Segurança e Comunicação Social.

“O que aconteceu é que naquele período (1975-1999) a embaixada funcionou graças ao apoio do Estado angolano que financiou as atividades (da missão diplomática), principalmente com o empenho pessoal do falecido ministro (angolano) das Relações Exteriores, Paulo Teixeira Jorge”, disse Elda Ferreira.

De momento, com recursos financeiros totalmente timorenses, a missão diplomática está a reabilitar o edifício no bairro Miramar, em Luanda, onde funcionará a embaixada do país asiático, o mais novo membro da CPLP.

O embaixador de Angola em Singapura, Fidelino Loy de Jesus Figueiredo, está também acreditado em Díli.

Fonte: Angop

- Publicidade -
- Publicidade -

Movicel recua na decisão de subir os preços dos diferentes planos tarifários

O clamor dos clientes que se fez sentir depois de o Novo Jornal, a 17 deste mês, ter divulgado em primeira mão, que a...
- Publicidade -

Trump é “moralmente falido” e agora “também é financeiramente imoral”: O caso dos impostos vai derrotá-lo ou vai ser esquecido?

Investigação divulgada pelo “New York Times” mostra que Donald Trump pagou apenas 750 dólares em impostos federais no ano em que venceu as eleições...

Os três anos de João Lourenço na Presidência: A organização da administração do Estado (II)

O objectivo principal é a estruturação dos órgãos e serviços da administração do Estado. Esse objectivo estende-se à sua operacionalidade, eficácia e eficiência como...

Os três anos de João Lourenço na Presidência (I)

Na avaliação dos três anos de governação de João Lourenço destaca-se, sobretudo, o desmantelamento da cultura do medo que, durante quatro décadas, asfixiou a...

Notícias relacionadas

Movicel recua na decisão de subir os preços dos diferentes planos tarifários

O clamor dos clientes que se fez sentir depois de o Novo Jornal, a 17 deste mês, ter divulgado em primeira mão, que a...

Trump é “moralmente falido” e agora “também é financeiramente imoral”: O caso dos impostos vai derrotá-lo ou vai ser esquecido?

Investigação divulgada pelo “New York Times” mostra que Donald Trump pagou apenas 750 dólares em impostos federais no ano em que venceu as eleições...

Os três anos de João Lourenço na Presidência: A organização da administração do Estado (II)

O objectivo principal é a estruturação dos órgãos e serviços da administração do Estado. Esse objectivo estende-se à sua operacionalidade, eficácia e eficiência como...

Os três anos de João Lourenço na Presidência (I)

Na avaliação dos três anos de governação de João Lourenço destaca-se, sobretudo, o desmantelamento da cultura do medo que, durante quatro décadas, asfixiou a...

Covid-19: Urgência de Obstetrícia do hospital de Beja fechada até 7 de Outubro

Há 31 profissionais infectados pelo novo coronavírus no Hospital José Joaquim Fernandes. A urgência de ginecologia e obstetrícia do hospital de Beja vai continuar fechada...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.