- Publicidade-
InicioAngolaComunicar cada vez melhor

Comunicar cada vez melhor

A reunião do CC do MPLA da passada semana pode ser considerada como o primeiro grande acto, a nível público, da marcha do partido na direcção da vitória eleitoral.

O discurso do seu líder, José Eduardo dos Santos, não deixou dúvidas quanto a isso, pelas várias alusões a práticas e ideias que podem melhorar o desempenho do partido. Pediu, por exemplo, que o MPLA e, por extensão, o Executivo que sustenta politicamente, alterem o modo de lidar com as realizações do país, do ponto de vista da comunicação: “(…) não temos sido capazes de assegurar o conhecimento correcto e oportuno, tanto no interior como no exterior do país, da actividade desenvolvida quer pelo Partido quer pelo Executivo. Temos o dever de comunicar cada vez melhor e de informar sobre o que está a ser feito para a construção de um país desenvolvido, moderno e justo, valorizando o trabalho, o conhecimento e a ética”.

Se esse é um elemento deficitário que em períodos calmos sem a pressão das eleições configura prejuízos, com mais razão se assumirá a necessidade de o quadro sofrer mudanças agora, porque num ano eleitoral chega-se à massa votante não apenas com a acutilância do verbo nos comícios mas, também, com o argumento do trabalho no dia a dia.

O Presidente Eduardo dos Santos foi directo: “É necessário que a população tenha a compreensão real do muito que está a ser feito em seu benefício, em prazos sem paralelo em países acabados de sair de um conflito de cerca de quarenta anos, para que ela também possa interpretar e rejeitar em consciência as muitas campanhas de denegrimento e calúnia que pretendem dar uma imagem negativa do nosso Partido e também do Executivo e dos seus dirigentes”.

Fonte: O País

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.