InicioDesportoBasquetebolPetro de Luanda conquista título

Petro de Luanda conquista título

Consistência na defesa e eficácia no ataque foram os argumentos do Petro de Luanda para derrotar, ontem, o FC Porto, por 64-51, no Pavilhão Gimnodesportivo da Cidadela, e conquistar pela primeira vez a Supertaça Compal em basquetebol seniores masculinos.
Com um primeiro quarto desastroso, em que perderam por 22-16, os petrolíferos, de mentalidade refeita, pois de certo levaram uma valente reprimenda do técnico Alberto Babo, puxaram do repertório técnico individual e venceram o segundo, pelo parcial de 23-7, indo para o intervalo em vantagem por 39-29.
Neste quarto, o segundo, a 3 minutos e 18 segundos, valeu aos campeões angolanos a ousadia e atitude do base e “benjamim” da equipa, Braúlio Morais. Foi com um lançamento triplo e um smach que o jogador colocou os tricolores do Eixo Viário à frente do marcador por 23-22, quando perdiam por 18-22.
No reatamento, com o moral em alta, a formação angolana desfrutou do jogo, proporcionando aos presentes belos momentos de basquetebol, com dribles estonteantes promovidos, ora pelos irmãos ­Carlos e Braúlio Morais, ora pelo base norte-americano Cedric Isom.
Descrentes, mas sem nunca baixar os braços, os portistas, campeões portugueses, ainda chegaram a pregar um susto aos campeões angolanos, reduzindo o placar de 56-44 para 58-49. Sem se deixarem intimidar, ­Paulo Santana, capitão de equipa, e colegas, voltaram a reerguer-se, subalternizando de imediato o seu opositor.
Avassalador em demasia, o Petro retirou aos jogadores dos dragões e ao seu técnico, Moncho Lopes – que assistia cabisbaixo, a partir do banco de suplentes o cortejo e ­propaganda de bom basquetebol angolano – lucidez de raciocínio. Com este desaire, o conjunto luso volta a adiar o sonho de vencer uma Supertaça Compal.
Carlos Morais, atleta mais utilizado, com 35 minutos e 51 segundos, foi também o melhor cestinha do encontro com 16 pontos. No Porto destacou-se o norte-americano Robert Johnson, com os mesmos pontos, em menos tempo de utilização, 32 minutos e 28 segundos.

Reconhecimento

As jogadoras da Selecção Nacional sénior feminina de basquetebol – vencedora do Afrobasket’2011, disputado em Bamako – foram homenageada pela empresa Sumol+ Compal. Na presença de representantes das Federações Angolana e Portuguesa de Basquetebol, a patrocinadora do evento agraciou as 12 jogadoras, equipa técnica, massagista e pessoal de apoio do cinco nacional, com medalhas de mérito.
Sagraram-se campeãs, sob a batuta de Aníbal Moreira, Nacissela Maurício (capitã de equipa), Astrida Vicente, Sónia Guadalupe, Fineza Eusébio, Ângela Cardoso, Nguendula Filipe, Felizarda Jorge, Catarina Camufal, Luzia Simão, Luísa Tomas e Nadir Manuel.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.