InicioDestaques"UNITA não morreu com Savimbi", diz secretário-geral

“UNITA não morreu com Savimbi”, diz secretário-geral

O secretário-geral da UNITA, Vitorino Nhany, disse na Voz da América, que Jonas Savimbi deixou a UNITA bem preparada para sobrevier à sua morte. Assinala-se a 22 de Fevereiro o 10º aniversário da morte do líder histórico da UNITA.

Respondendo aos ouvintes do programa Angola Fala Só, o dirigente do Galo Negro entende que tanto pelo ideário que deixou escrito, como pela organização que estruturou, o líder histórico da UNITA assegurou que o partido continuava.

O responsável da UNITA disse que a fraca representação parlamentar da UNITA não é sinal de que o partido está fraco.

“Os nossos 16 deputados foram-nos impostos”, disse, referindo-se à existência de fraude eleitoral em 2008.

Para que isso não se repita em 2012 declarou que a UNITA está a mobilizar as suas bases e encontrar formas de também controlar a votação e não deixar tudo nas mãos da CNE.

Acusou o MPLA de não dar atenção à pessoa humana e se preocupar, apenas, com as estradas e as pontes, prometendo, se a UNITA chegar ao poder, uma governação centrada no angolano. Denunciou, ainda, o que descreve como corrupção generalizada no governo.

Fonte: VOA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.