- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Cabinda: Nzita Tiago afastado da FLEC

Cabinda: Nzita Tiago afastado da FLEC

O dirigente histórico da FLEC, Nzita Tiago, foi afastado da presidência da organização, afirma um grupo de militantes que acrescenta ter sido eleita uma nova direcção para aquele agrupamento.

Nzita Tiago dirigia a Frente de Libertação do Enclave de Cabinda há várias décadas e há agora receios que a decisão poderá causar mais uma cisão entre os nacionalistas cabindenses já afectados por numerosas cisões que resultaram na criação de diversos agrupamentos.

Afonso Massanga é o novo presidente da FLEC mas reconheceu à Voz da América que provavelmente Nzita Tiago não irá reconhecer a nova direcção.

Massanga disse que Nzita Tiago tinha sido afastado  “ por faltas ou erros graves” na liderança do movimento.
“Temos que agradecer o papel de Nzita Tiago na criação da FLEC mas o povo de Cabinda já não aceita a sua direcção,” disse Massanga.

Embora houvesse militantes que fossem de opinião que Nzita Tiago deveria continuar na presidência até á sua morte, “nós não podíamos continuar com o mesmo sistema de funcionamento,” acrescentou.

Interrogado sobre a reacção de Nzita Tiago às propósito da sua demissão, Massanga disse que o líder histórico da FLEC “tentou afastar-nos da direcção da FLEC mas pelo contrário nós é que o afastamos” por ter violado artigos da constituição da organização.

“O Senhor Nzita liderou a FLEC durante mais de 40 anos e já fez o que tinha que fazer e deu o que tinha que dar,” disse.

“Nós lamentamos um pouco o sucedido mas ele deveria compreender que a fase actual de evolução da luta de Cabinda é uma nova fase que deverá levar Cabinda até a  independência,” acrescentou.

Afonso Massanga negou a possibilidade da criação de mais uma facção da FLEC.

“Eu acredito que ele vai tentar criar uma nova facção mas o povo de Cabinda já não vai aceitar esta facção mesmo se ele a criar,” acrescentou.

Na sua entrevista Massanga disse estar disposto ao dialogo com o Govenro angolano mas disse que de momento não há qualquer sinal que as autoridades angolanas estejam dispostas a iniciar um diálogo com a sua organização.

Fonte: VOA

- Publicidade -
- Publicidade -

Manuel Vicente refuta “acusações falsas” e promete analisar uma reacção judicial

O antigo vice-Presidente de Angola considera de falsas as acusações do antigo presidente do Banco Fomento Angola e braço direito de Isabel dos Santos,...
- Publicidade -

Partiu a cantora Juliette Gréco

Faleceu aos 93 anos de idade Juliette Gréco, grande nome da música francesa, a par de outras grandes vozes como Edith Piaf ou Barbara....

Alassane Ouattara considera “provocações” candidaturas de Gbagbo e de Soro

O Presidente da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, que concorre a um terceiro mandato, considerou que as candidaturas do seu antecessor, Laurent Gbagbo, e...

Covid-19: Cuando Cubango regista morte do primeiro e único caso positivo

A província do Cuando Cubango registou, ontem, o primeiro caso positivo, importado do Huambo, que resultou em morte. Das 18 regiões do país, Namibe...

Notícias relacionadas

Manuel Vicente refuta “acusações falsas” e promete analisar uma reacção judicial

O antigo vice-Presidente de Angola considera de falsas as acusações do antigo presidente do Banco Fomento Angola e braço direito de Isabel dos Santos,...

Partiu a cantora Juliette Gréco

Faleceu aos 93 anos de idade Juliette Gréco, grande nome da música francesa, a par de outras grandes vozes como Edith Piaf ou Barbara....

Alassane Ouattara considera “provocações” candidaturas de Gbagbo e de Soro

O Presidente da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, que concorre a um terceiro mandato, considerou que as candidaturas do seu antecessor, Laurent Gbagbo, e...

Covid-19: Cuando Cubango regista morte do primeiro e único caso positivo

A província do Cuando Cubango registou, ontem, o primeiro caso positivo, importado do Huambo, que resultou em morte. Das 18 regiões do país, Namibe...

Em apoio à Charlie Hebdo media franceses apelam a liberdade de expressão

Cerca de uma centena de médias franceses, incluindo jornais, revistas, canais de televisão e estações de rádio publicaram na quarta-feira uma carta aberta para...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.