- Publicidade-
InicioDesportoManchester City denunciou à UEFA insultos racistas em jogo no Porto

Manchester City denunciou à UEFA insultos racistas em jogo no Porto

A direção do Manchester City prestou queixa na UEFA pelos insultos racistas proferidos por adeptos do Porto contra jogadores negros do City durante o jogo  da Liga Europa na noite desta quinta-feira, 16.

Segundo a imprensa britânica, o atacante Mario Balotelli e o meio campista Yayá Touré foram alvos das imitações de macaco vindas das bancadas do estádio do Dragão onde foi disputada a partida vencida pelo Manchester City por 2 a 1.

Um dos dirigentes do time inglês confirmou à agência Reuters que o Mancheter City relatou os incidentes para Associação das Federações Europeias de Futebol. O atacante Balotelli reclamou dos insultos vindos das bancadas a um dos dirigentes do clube, segundo a imprensa desportiva.

Em entrevista à rede de tevê Sky Sports, o marfinense Yaya Touré afirmou “ter ouvido alguma coisa” das bancadas. “É por isso que todos nós gostamos da Liga Inglesa, porque isso nunca acontece lá”, afirmou o atleta.

O treinador do Manchester City, Roberto Mancini, afirmou não ter ouvido insultos mas já tinha alertado os jogadores sobre possíveis ofensas. “Creio que eles são muito fortes para serem afetados (por esse tipo de insulto)”, declarou o treinador. “Eles sabem que esse tipo de coisa pode acontecer em qualquer partida. Por isso eu falo para eles se concentrarem somente no seu futebol”, afirmou Mancini.

Fonte: RFI

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.