InicioEconomiaAngola é o maior parceiro do Canadá na África subsariana

Angola é o maior parceiro do Canadá na África subsariana

Apesar da inexistência de um acordo geral de cooperação, a República de Angola é actualmente o maior parceiro do Canadá na África subsariana, a nível das relações comerciais, tendo em conta o fomento de negócios entre os dois países.

A afirmação é do chefe de departamento América do Norte do Ministério das Relações Exteriores (Mirex), Ange Eduardo de Videira, que discursava nesta quinta-feira, em Luanda, durante um workshop empresarial entre Angola e Canadá.

Segundo explicou, o referido comércio bilateral é resultante de uma declaração conjunta de compromisso entre os dois Estados, sobre o fortalecimento das suas relações bilaterais assinadas em 25 de Outubro de 2004.

Neste contexto, salientou que a intenção foi de permitir aos dois países a promoção de parcerias entre as instituições, comunidades e empresas, baseadas em objectivos comuns, respeito mútuo, reciprocidade e responsabilidade.

Relativamente ao workshop empresarial entre os dois países, referiu que o mesmo teve como principal objectivo, procurar encontrar maior cooperação, aumentar e identificar novas potencialidades e oportunidades para os dois Estados.

Asseverou que iniciativas do género vão permitir ao governo angolano e ao empresariado nacional firmar contratos que possibilitarão identificar e estabelecer novas parcerias estratégicas, bem como oportunidades de negócio nos mais variados domínios da economia angolana.

Vai de igual modo permitir, segundo disse, um maior intercâmbio de experiências, transferências de tecnologias e, consequente, motivação e dinamização do empresariado público e privado de ambos estados.

Estiveram presentes no workshop delegações do ministério dos Negócios e Estrangeiros e Comércio Internacional do Canadá, representantes do Ministério das Relações Exteriores, bem como empresários nacionais e estrangeiros.

Fonte: Angop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.