InicioEconomiaMoody's pode rebaixar a nota de 14 grandes bancos mundiais

Moody’s pode rebaixar a nota de 14 grandes bancos mundiais

A agência de classificação de risco financeiro Moody’s anunciou nesta quinta-feira que pode rebaixar a nota de 14 grandes bancos mundiais e de 114 instituições financeiras europeias. Em comunicado, a agência americana informa que vai examinar as notas de crédito e a solidez do sistema bancário, bastante afetado pela crise da dívida dos países europeus.

A Itália é o país com mais instituições financeiras visadas pela Moody’s, 24 no total, seguida de Espanha e França. Entre os grandes bancos sob vigilância e que poderão ter a nota rebaixada estão os alemães Deutsche Bank e Commerzbank, os britânicos Royal Bank of Scotland e HSBC, o espanhol Santander e o holandês ING.

Na segunda-feira, a Moody’s rebaixou a nota de seis países europeus, entre eles Itália, Espanha e Portugal e lançou uma advertência negativa para outros três países: França, Grã-Bretanha e Áustria.

Zona do euro em recessão

A zona do euro caminha para um agravamento da recessão após registrar, pela primeira vez em mais de dois anos, um recuo de sua atividade no final de 2011, de acordo com a estimativas publicadas nesta quarta-feira pela Eurostat, o instituto europeu de estatísticas econômicas. A contração da economia no bloco no último trimestre do ano foi de 0,3% em relação aos três meses anteriores, de acordo com o estudo.

O impacto negativo só não foi maior devido aos índices econômicos registrados nas duas principais economias da zona do euro, Alemanha e França. Segundo as estimativas preliminares da Eurostat, a economia da zona do euro cresceu 1,5% em 2011.

Itália, Holanda, Bélgica e República Tcheca entraram na lista de países em recessão ao lado de Portugal e Grécia. Estes países representam cerca de um quarto do PIB da União Europeia. O resultado revela as dificuldades enfrentadas pelos países da zona do euro a conciliar crescimento com cortes nas despesas públicas.

Fonte: RFI

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.