InicioMundoGoverno do Egipto acusa Washington

Governo do Egipto acusa Washington

A ministra da Cooperação Internacional do Egipto acusou os Estados Unidos de financiarem Organizações Não-Governamentais para criar um estado de caos prolongado no país, noticiou a imprensa egípcia.

A ministra Fayza Abul Naga, considerada a mentora de uma investigação judicial contra 44 activistas, incluindo 19 norte-americanos, fez esta acusação em declarações prestadas a juízes e acrescentou que Estados Unidos e Israel querem desviar os acontecimentos que culminaram com a queda de Mubarak, “para servir os seus próprios interesses”.

Os acontecimentos de Janeiro do ano passado, disse a governante, “foram uma surpresa para os Estados Unidos e escaparam ao seu controlo quando se transformaram numa revolução popular”.

Por essa razão, acrescentou a ministra egípcia Abul Naga, “os Estados Unidos decidiram empregar todos os seus recursos e instrumentos para conter a situação e conduzi-la de acordo com os interesses norte-americanos e israelitas”.

Washington e Telavive, sublinhou, “não podiam criar um estado de caos e trabalhar no sentido de o manter no Egipto, por isso financiaram directamente organizações, em especial norte-americanas, como maneira de alcançarem esses objectivos”, afirmou. Abul Naga é uma das poucas ministras que fez parte do governo do antigo presidente Hosni Mubarak.

A agência de notícias Mena noticiou que, segundo as conclusões de uma investigação judicial sobre as ONG, os Estados Unidos desviaram a ajuda prometida destinada a infra-estruturas para essas organizações .Um dos magistrados encarregues do caso realçou que essas associações são acusadas de “actuarem sem autorização para realizar actividades puramente políticas, sem relação com um trabalho em prol da sociedade civil”.

O julgamento pendente contra os 44 activistas acusados de financiamento ilegal de ONG aprofundou as diferenças entre Washington e Cairo e o Departamento de Estado norte-americano alertou que processar membros da ONG “pode pôr em causa a ajuda ao Egipto”.

Fonte: JA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.