InicioCulturaMusongue da Tradição aquece ao ritmo de Edyy Tusa, Manukueno e Givago...

Musongue da Tradição aquece ao ritmo de Edyy Tusa, Manukueno e Givago

Os músicos Eddy Tusa, Mamukueno e Givago foram as principais referências da primeira edição do programa Musongue da Tradição, ocorrido hoje, no Centro Cultural e Recreativo Kilamba, em Luanda.

Aberto pela Banda Movimento, que em pouco mais de 25 minutos desfilou alguns dos seus temas, a jornada conheceu, no entanto, a maior movimentação com a subida em palco de Mamukueno, o segundo do guião artístico, que mexeu com o público presente no local, interpretando, entre outros, “Ngadelele”, “Makongo”, “Ndalatando”, “Peixeira”, “Ngongo”, “Bela Bela”,“Eza Kungiambela”.

Bastante ovacionado, Mamukueno viu a pista de dança completamente cheia, com os convivas a darem o melhor de si em termos de dança, como que a se prepararem para receberem o mais jovem do guião preparado pela gestão da casa, Eddy Tusa, o mais jovem artista a apostar no semba como estilo de eleição.

Começando com “Kicola”, original de António do Fumo, Eddy Tusa arrastou à pista de dança do Kilamba algumas dezenas de fãs, que a todo custo (devido ao reduzido espaço) faziam para mostrar o que sabem em termos de dança.

Com um guião preenchido com temas que marcaram várias décadas da música angolana, Edyy Tusa interpretou ainda “Jivunda”, original de Prado Paim. Para fechar, o jovem foi buscar, entre outras “Vizinha Maria”.

Já com o ritmo bastante acelerado e mesmo apesar do calor que se fazia sentir, os convivas ainda deram as boas vindas a Givago, que aproveitou a oportunidade para dizer que também tinha uma palavra nesta jornada. Com “Ramiro” e “Avó Teté”, Adão Gonçalves, ou simplesmente Givago, marcou a cadência do público e mostrou que tem nome no mercado musical angolano e uma legião de fãs que não o deixam ficar mal.

Além destas referências, a jornada contou ainda com os préstimos de Samanguana e Paulo Cabenha, este último que marcou a sua estreia no palco do Kilamba.

O Musongue da Tradição é um programa que teve o seu início em Fevereiro de 2007 e visa a promoção, divulgação e valorização da música angolana produzida nos anos 60, 70 e 80. O agrupamento Jovens do Prenda e os artistas Zecax, Dom Caetano e Proletário foram os primeiros convidados. O programa acontece mensalmente no primeiro domingo de cada mês.

O evento faz parte da grelha de programas do Centro Recreativo e Cultural Kilamba, antigo Maria das Escrequenhas, que tem ainda “Farrar ao Antigamente” e “Show à Sexta-Feira”.

Fonte: Angop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.