- Publicidade-
InicioCulturaRazões técnicas impossibilitam participação dos Unidos de Caxinde na Marginal

Razões técnicas impossibilitam participação dos Unidos de Caxinde na Marginal

O grupo carnavalesco “Os Unidos de Caxinde” não vai concorrer ao desfile central da classe A do Carnaval a acontecer dia 21 deste mês, na Nova Marginal, em Luanda, anunciou hoje, terça-feira, em Luanda, o seu responsável Jacques Arlindo dos Santos.

Em declarações à Angop, Jacques Arlindo dos Santos, disse que a não participação na presente edição se deve a razões técnicas e logísticas, mas que a sua participação vai cingir-se em desfilarem nas ruas da cidade.

“A participação do seu grupo no Entrudo vai cingir-se ao Carnaval de rua, uma vez que o Ministério da Cultura tem incentivado aos grupos a realizarem actividades nas ruas da cidade de forma a tornar a festa mais activa e interagir com os cidadãos.

Par si, esta é uma forma de contribuir para engrandecer a cultura e a identidade da “verdadeira folia” angolana, resgatando usos e costumes, do Carnaval do antigamente, e juntando com o moderno de forma a torna-lo mais atractivo.

“Espero que com a nossa ida para as ruas da cidade de Luanda, no próximo sábado (dia 18), as próximas edições tenham mais grupos a fazer o Carnaval de rua”, esclareceu.

Referiu que os Unidos de Caxinde contarão com mais de quinhentos integrantes, mas que o objectivo é que mais pessoas se juntem conforme forem passando pelas ruas, uma vez que terão atractivos como coreografias, músicas apelativas e trio eléctrico.

“As pessoas, a principio, por falta de hábito pode ficar retraídas em se juntarem ao grupo, mas esperamos juntar mais de mil pessoas conforme forem aderindo. Este é o Carnaval que da cor, já que é a maior festa nacional”, explicou.

Campeão do Carnaval de Luanda em 2005 e 2010, o Unidos do Caxinde apresentou, em 2011, na Nova Marginal, um tema-enredo inspirado na história e nas tradições de diferentes povos de África, tendo ficado na oitava posição.

Fundado a 27 de Março de 2001, o grupo participou em dez edições do Carnaval de Luanda, que começou a ser disputado em 1978.

Fonte: Angop

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.