- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Produtos impróprios para consumo continuam a ser comercializados em Luanda

Produtos impróprios para consumo continuam a ser comercializados em Luanda

A chefe do departamento de informação de apoio ao cliente (INADEC), Ana Beatriz revelou Terça-feira, 14/02, à Rádio Luanda que, um leque de produtos eróticos foi destruído por ser de entrada proibida em Angola.

A entrada destes estimulantes sexuais no país estão proibidas por lei, por isso a sua destruição assenta numa base legal.

Ana Beatriz acrescentou que, o INADEC detectou uma série de produtos com prazos expirados, e que muita gente ainda insiste em vender produtos que põem em causa a saúde dos consumidores.

“Confirmou-se uma denúncia da comercialização de carne fresca de origem Portuguesa, com cheiro desagradável a 3 mil e 290 kwanzas por caixa, com a data de caducidade 08 de Fevereiro de 2012. Uma outra denúncia consiste na produção de bolos com água saloba, localizada dentro de um celeiro no Bairro do kikolo”, explicou.

É de salientar que, o INADEC vai efectuar na Quinta-feira (16), uma visita pedagógica as padarias do Município do Cazenga, a mesma enquadra-se no programa daquele instituto aberto desde o passado mês de Janeiro.

Fonte: Rádio Luanda

- Publicidade -
- Publicidade -

Recredit de “banco ruim” recebe generosos fundos do Tesouro, mas sem comparticipação dos seus devedores

Nas suas análises sobre o desempenho da nossa economia, o jornal Africa Intelligent revela que "as autoridades angolanas,  pretendem demonstrar que terminou a era...
- Publicidade -

Covid-19: Governo admite usar testes rápidos, mas nunca como critério único

O Ministério da Saúde admitiu esta segunda-feira vir a usar testes rápidos de detecção de covid-19, que dão resultados em meia hora, mas nunca...

Organização não-governamental NCC ensina administradores municipais como se presta contas aos munícipes

A organização não-governamental Centro Nacional de Aconselhamento (NCC) vai levar a cabo em todo o território nacional fóruns comunitários sobre a transparência na gestão...

Petróleo: Semana começou com o barril de Brent em queda

O avanço galopante da pandemia em todo o mundo e a ameaça de novas medidas severas para controlar a Covid-19, a par do quase...

Notícias relacionadas

Recredit de “banco ruim” recebe generosos fundos do Tesouro, mas sem comparticipação dos seus devedores

Nas suas análises sobre o desempenho da nossa economia, o jornal Africa Intelligent revela que "as autoridades angolanas,  pretendem demonstrar que terminou a era...

Covid-19: Governo admite usar testes rápidos, mas nunca como critério único

O Ministério da Saúde admitiu esta segunda-feira vir a usar testes rápidos de detecção de covid-19, que dão resultados em meia hora, mas nunca...

Organização não-governamental NCC ensina administradores municipais como se presta contas aos munícipes

A organização não-governamental Centro Nacional de Aconselhamento (NCC) vai levar a cabo em todo o território nacional fóruns comunitários sobre a transparência na gestão...

Petróleo: Semana começou com o barril de Brent em queda

O avanço galopante da pandemia em todo o mundo e a ameaça de novas medidas severas para controlar a Covid-19, a par do quase...

Covid-19: TAAG retoma voos internacionais terça-feira

A Companhia Aérea Nacional (TAAG) retoma, a partir desta terça-feira (dia 22), as operações internacionais, com os "voos comerciais" de passageiros, para Portugal e...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.