InicioVidaSaúdeAumento do pessoal médico é urgente em Angola

Aumento do pessoal médico é urgente em Angola

O número de recursos humanos no atendimento médico em Angola deve ser aumentado a fim de suprir as necessidades, com principal realce para os centros médicos públicos, defendeu o bastonário da ordem dos médicos de Angola, ao Jornal da Noite da RNA.

Pinto de Sousa disse que a demanda nos hospitais públicos é maior comparativamente aos privados.

“O que nós temos estado a fazer é justamente procurar descentralizar os serviços e por outro lado, aumentar o número de recursos humanos, com a abertura de novas faculdades de medicina, escolas de enfermagem e técnicas”, disse.

De 2009 até 2012, o número de faculdades de medicina aumentou, a escolas técnicas também aumentaram, bem como os dados relativos aos custos. Concretamente foram abertas no período em referência, 13 novas escolas técnicas de formação no domínio da saúde, 12 cursos de especialidade, no âmbito das tecnologias de saúde, em 13 Províncias do país, 6 faculdades de medicina e foi feita a descentralização no ensino pós graduado nas seis regiões de Angola.

Fonte: RNA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.