InicioAngolaRegiõesRegisto eleitoral está a correr bem no Uíge

Registo eleitoral está a correr bem no Uíge

Eleitores jovens residentes na cidade do Uíge estão satisfeitos com a melhoria no atendimento pelos brigadistas nos postos de registo eleitoral, nesta segunda fase do processo de actualização, em curso no país desde 5 de Janeiro.
Numa ronda efectuada pela Angop a diversos bairros da cidade do Uíge, os eleitores aplaudiram a segunda fase do processo de actualização e registo eleitoral, visto que muitos cidadãos não puderam concretizar o seu desejo anteriormente.
Fernando Eduardo, que completou 18 anos em 27 de Dezembro último, disse estar honrado por se ter registado, pois habilitou-se a exercer o seu direito de voto e a contribuir para consolidação do estado de direito.
“O registo eleitoral constitui a via e o mecanismo mais eficiente para exercer o direito do voto nas próximas eleições”, destacou Fernando Eduardo, aproveitando para apelar a todos os cidadãos, que não o tenham ainda realizado, a seguirem o seu exemplo, uma vez que o processo de registo e actualização encerra em 15 de Abril próximo. Joaquina Armando, que também actualizou o seu registo, nesta segunda fase, recordou que antes não o fez por razões de saúde, mas na segunda fase, foi fácil escolher o seu local de voto.  “Para êxito do processo, há a necessidade do envolvimento da sociedade, particularmente autoridades tradicionais, entidades religiosas na sensibilização dos cidadãos, visto que muitos jovens completam ou têm mais de 18 anos, o que lhes permite participar no acto eleitoral”, disse Raimundo Domingos, que acaba de se registar como novo eleitor.
A segunda fase do processo de actualização do registo eleitoral começou em todo país no dia 5 de Janeiro e termina no dia 15 de Abril.

Fonte: Jornal de Angola

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.