- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Inflação subiu na China em Janeiro

Inflação subiu na China em Janeiro

A taxa anual de inflação na China surpreendeu ao subir em Janeiro, atingindo 4,5 por cento, com a disparada do consumo durante a temporada de festas do Ano Novo lunar. A alta interrompe cinco meses seguidos de desaceleração e obriga o mercado a reconsiderar a sua expectativa pela adopção de mais estímulos monetários no país.
A avaliação sazonal torna os dados de Janeiro particularmente difíceis de interpretar, mas economistas dizem que os números devem eliminar qualquer expectativa remanescente de um corte do depósito compulsório bancário a curto prazo. A medida era prevista para o período antes do ano novo chinês, mas não foi anunciada.
“A alta da inflação realmente reduz espaço para um afrouxamento monetário maior por enquanto. Não achamos que haverá um corte compulsório antes de Março”, disse o economista da Société Générale para a China, Wei Yao, em Hong-Kong. A inflação acelerou em relação à taxa de 4,1 por cento registada em Dezembro, que foi a menor em 15 meses. A previsão dos economistas para Janeiro, também de 4,1 por cento, foi contrariada por um disparo de 10,5 por cento nos preços de alimentos, que constituem cerca de um terço do índice de preços chinês. Excluindo a inflação de alimentos, os preços subiram 1,8 por cento em Janeiro sobre o ano anterior, abaixo da taxa de 1,9 por cento de Dezembro. Os preços ao produtor, enquanto isso, subiram 0,7 por cento no mês passado, um pouco abaixo do previsto, destacando a redução das pressões inflacionárias na indústria à medida que a demanda global é reduzida pela crise da dívida soberana da Europa.
“É mais provável que o banco central mantenha a sua posição monetária actual por enquanto e espere os dados do mês de Fevereiro para decidir a sua próxima medida”, disse o analista da Guotai Junan Securities, Wang Jin.
A inflação na China acelerou em Janeiro devido a factores temporários e o nível geral dos preços ainda tende à moderação, afirmou a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC, na sigla em inglês). Segundo o órgão, a aceleração foi devida aos maiores preços dos alimentos e a outros factores movidos pelo feriado do Ano Novo Lunar. Os preços dos itens não alimentícios ficaram estáveis em Janeiro.
O índice de preços no consumidor da China teve alta anual de 4,5 por cento em Janeiro, acima da taxa de 4,1 por cento de Dezembro, que também era a previsão dos economistas. A NDRC afirmou que o governo vai tomar medidas para evitar que os níveis dos preços subam e vai manter a estabilidade básica dos preços em geral.

Fonte: Jornal de Angola
- Publicidade -
- Publicidade -

Justiça manda encerrar todos os templos da IURD em Angola

IURD em Angola declarou-se, domingo. "surpresa" com a ordem de encerramento de quatro dos seus templos durante o culto. A justiça angolana ordenou o encerramento...
- Publicidade -

Isabel dos Santos e Sindika Dokolo envolvidos em investigação internacional aos grandes bancos

Numa nova investigação do Consórcio Internacional de Jornalistas, a filha do ex-presidente de Angola é alvo de dois relatórios sobre atividades suspeitas, ambos de...

Marcos fronteiriços geram confrontos entre forças militares angolanas e congolesas

Autoridades congolesas fazem «mea-culpa» aos incidentes que têm ocorrido na zona fronteiriça e prometem trabalho conjunto para afastar cenários idênticos. A inexistência de marcos fronteiriços...

Espionagem: os telefones ultra-seguros dos presidentes africanos

Entre a vigilância de oponentes e terroristas, o suculento mercado de espionagem em África Em África, o mercado das “orelhas grandes” está a crescer....

Notícias relacionadas

Justiça manda encerrar todos os templos da IURD em Angola

IURD em Angola declarou-se, domingo. "surpresa" com a ordem de encerramento de quatro dos seus templos durante o culto. A justiça angolana ordenou o encerramento...

Isabel dos Santos e Sindika Dokolo envolvidos em investigação internacional aos grandes bancos

Numa nova investigação do Consórcio Internacional de Jornalistas, a filha do ex-presidente de Angola é alvo de dois relatórios sobre atividades suspeitas, ambos de...

Marcos fronteiriços geram confrontos entre forças militares angolanas e congolesas

Autoridades congolesas fazem «mea-culpa» aos incidentes que têm ocorrido na zona fronteiriça e prometem trabalho conjunto para afastar cenários idênticos. A inexistência de marcos fronteiriços...

Espionagem: os telefones ultra-seguros dos presidentes africanos

Entre a vigilância de oponentes e terroristas, o suculento mercado de espionagem em África Em África, o mercado das “orelhas grandes” está a crescer....

Boston vence Heat e reduz desvantagem

Ao vencerem na madrugada deste domingo os Miami Heat, por 117-106, os Boston Celtic reduziram para 1-2 a desvantagem nos "play-offs" a melhor de...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.