- Publicidade-
InicioEconomiaUSA: Obama recebe primeiro ministro italiano e reafirma apoio aos europeus

USA: Obama recebe primeiro ministro italiano e reafirma apoio aos europeus

Nesta quinta-feira, o presidente Barack Obama recebeu pela primeira vez o primeiro-ministro da Itália, Mario Monti, no escritório oval da Casa Branca. Depois de parabenizar o premiê pelas reformas em andamento para reeerguer a economia do seu país, Obama garantiu que os Estados Unidos farão tudo o que estiver ao seu alcance para ajudar a zona do euro a se estabilizar.

Barack Obama ressaltou a importância da Europa instalar sistemas que impeçam a propagação da crise da dívida europeia.

No plano econômico, os dois dirigentes discutiram as medidas que o governo italiano está tomar para restabelecer a confiança dos mercados e relançar o crescimento através das reformas estruturais. Monti adotou em janeiro um grande plano de liberalização para estimular o crescimento, depois de ter apertado o cinto para tranquilizar os mercados. Uma iniciativa elogiada por Obama em uma entrevista ao jornal La Stampa: “A Itália está fazer progressos impressionantes para modernizar sua economia e reduzir seu déficit através da harmonização de medidas sobre receitas e despesas que reposiciona o país no caminho do crescimento”, afirmou o presidente norte-americano.

Obama garantiiu a Mario Monti que os Estados Unidos continuarão a contribuir para apoiar os amigos europeus na resolução da crise da zona do euro.

No campo da política estrangeira, foram abordadas questões ligadas ao Afeganistão e à OTAN. A Itália pretende reduzir seu contingente no Afeganistão a partir deste ano. Três mil e oitocentos italianos integram a Força Internacional de Assistência para a Segurança, que têm 130.000 homens, dos quais 2/3 são americanos.

Fonte: RFI

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.