- Publicidade-
InicioEconomiaEmpresas estrangeiras com interesses em operar em Angola

Empresas estrangeiras com interesses em operar em Angola

Luanda– O ministro da Geologia e Minas e da Indústria, Joaquim David, afirmou hoje na Cidade do Cabo, Africa do Sul, haver um interesse crescente de empresas estrangeiras em operar em Angola no domínio da indústria mineira.
“É um interesse comum, pois Angola também quer diversificar a exploração dos seus recursos mineiros, com vantagens mútuas”, disse Joaquim David à saída de um encontro que manteve com várias empresas ligadas ao ramo mineiro.
“Angola é país que está a fazer a sua entrada no mundo da indústria mineira”, salientou.
O ministro informou que nos encontros que manteve com várias companhias, estas mostraram-se curiosas em saber o que Angola trazia de novo para a conferência em termos de legislação e como vai tornar mais atractiva a actividade mineira no país.
Informou que o representante de uma empresa japonesa se mostrou interessado em trabalhar com Angola no domínio da mineração, enquanto com a empresa Rio Tinto foi delineado os passos necessários para que esta possa entrar no mercado angolano.
O ministro reuniu-se também com representantes da empresa japonesa Marubeni, que já opera no país no domínio dos têxteis. Esta firma vai participar na reabilitação das fábricas de tecido da África Têxtil, em Benguela, e Satec situada no Dondo.
A este respeito, Joaquim David, adiantou ser possível unir o potencial do Japão com o de Angola, com vantagens mútuas, uma vez que o país tem bastantes recursos naturais e o Japão possui tecnologia de ponta e capacidade financeira.
Informou igualmente que Angola trabalha com o Japão no domínio dos fertilizantes, cimento e indústria siderúrgica, assim como trabalha na obtenção de uma linha de crédito para equipamento mineiro.
“Esta linha vai fazer com os empresários angolanos privados possam beneficiar de facilidades financeiras e em melhores condições de cooperar com os parceiros estrangeiros”, disse o governante.
Fonte: Angop
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.