- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Desporto Zâmbia na final

Zâmbia na final

A Zâmbia impôs o seu esforçado futebol ante uma selecção do Ghana infeliz na finalização, conquistando, com todo o mérito, o passe para a final, ao vencer em Bata por 1-0. O resultado final é enganador, porque o domínio do jogo foi inteiramente para as Estrelas Negras.
A diferença esteve na qualidade de Mweene, que tem sido até aqui o melhor guarda-redes do torneio. Uma selecção que apresenta em campo jogadores de alto nível técnico na defesa, na linha média e no ataque tem meio caminho andado para a vitória. Falamos do Ghana. Se acrescentarmos ao valor individual das suas principais unidades uma organização superior e um entrosamento entre os diversos sectores, custa acreditar que essa equipa seja derrotada. Mas foi isso que aconteceu.
A Zâmbia tem jogadores de elevado nível técnico e que se conhecem tão bem que jogam de “olhos fechados”.
É uma autêntica orquestra, onde cada um sabe o que quer, qual o seu papel na táctica definida pelo treinador, e que terrenos deve pisar. Aquela máquina de jogar bem futebol teve pela frente o Ghana, uma selecção fortíssima no contra-ataque e sempre com os olhos postos na baliza contrária. Aywe ou Gyan são jogadores de alto nível, donos de uma técnica muito evoluída, velozes como poucos e com grande capacidade de finalização. Mas falharam.
Só uma Zâmbia de alto nível podia resistir a um Ghana claramente superior em todos os sectores do terreno. E só uma organização perfeita e um grande espírito de entreajuda permitiu à Zâmbia chegar ao intervalo com um nulo no marcador. Isto apesar de ter sofrido, aos sete minutos, uma grande penalidade. Kasonde derrubou Aywe e o árbitro nem hesitou. Mas Mwene defendeu o penalti. Não foi Gyan que falhou. Foi o guarda-redes zambiano que fez uma defesa do outro mundo.  A primeira parte terminou com Katongo a desperdiçar uma grande oportunidade, quando se isolou na área e rematou ao lado. Na segunda parte, o Ghana dominou, pressionou, rematou, deu espectáculo e perdeu. A Zâmbia, com um grande espírito de entreajuda, conseguiu equilibrar as operações no meio campo e, aos 78 minutos, Mayuka marcou o golo solitário da partida. Ele saiu do banco para levar a sua equipa à final do CAN. Uma surpresa.
Na outra meia-final, disputada igualmente ontem, em Libreville, Gabão, a Costa do Marfim derrotou o Mali pelo mesmo resultado, apurando-se para a final de domingo.

- Publicidade -
- Publicidade -

Família encontra corpo de menino de 14 anos enterrado em quintal

O corpo de Iury Júnior Pereira Silva, 14, desaparecido desde quarta (23) foi encontrado neste sábado (26), em São Vicente, litoral paulista. Ele estava...
- Publicidade -

Lakers na final da NBA 10 anos depois

Dez anos depois de seu último título na liga norte-americana de basquetebol (NBA), o Los Angeles Lakers está de volta a uma final, ao...

Portugal condena ingerência dos EUA

O Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, respondeu, ontem, ao embaixador dos Estados Unidos da América (EUA) em Lisboa, afirmando que “em Portugal...

Moradores de bairro lisboeta vivem sem água e deitam dejectos para a rua

A câmara está a estudar um projecto de requalificação mas ainda não tem uma solução para o problema. Em pleno centro de Lisboa, perto do...

Notícias relacionadas

Família encontra corpo de menino de 14 anos enterrado em quintal

O corpo de Iury Júnior Pereira Silva, 14, desaparecido desde quarta (23) foi encontrado neste sábado (26), em São Vicente, litoral paulista. Ele estava...

Lakers na final da NBA 10 anos depois

Dez anos depois de seu último título na liga norte-americana de basquetebol (NBA), o Los Angeles Lakers está de volta a uma final, ao...

Portugal condena ingerência dos EUA

O Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, respondeu, ontem, ao embaixador dos Estados Unidos da América (EUA) em Lisboa, afirmando que “em Portugal...

Moradores de bairro lisboeta vivem sem água e deitam dejectos para a rua

A câmara está a estudar um projecto de requalificação mas ainda não tem uma solução para o problema. Em pleno centro de Lisboa, perto do...

Covid-19: Bares e restaurantes encerram 15 dias em Marselha

Os bares e os restaurantes de Marselha fecharam este domingo as portas ao público. Nos últimos dias, a região de Marselha tenta travar a...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.