- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões 28 mil crianças na Huíla não vão à escola

28 mil crianças na Huíla não vão à escola

Na Huíla cerca de 28 mil crianças estarão fora do sistema de ensino no ano lectivo de 2012 aberto recentemente em todo o país.

Os números foram revelados no Lubango à margem do 8º Encontro Metodológico do Sector da Educação que avalia e perspectiva desde os desafios do novo ano académico.

Para o director provincial da educação na Huíla, nos últimos dois anos, o número de crianças fora do sistema de ensino baixou de 35 para 28 mil, disse, muito por força da acção dos programas do executivo que se tem empenhado na construção de mais salas de aulas mas também pela contribuição dos parceiros do governo.

Américo Chicoti acredita que até 2015 e de acordo com as metas traçadas pelo executivo central no domínio da educação o número de crianças fora do sistema de ensino possa vir a diminuir.

“Acreditamos que dentro das metas superiormente traçadas refiro-me ao ministério da educação cuja meta é 2015 para fazermos o balanço se conseguimos ou não dar vazão a esse fenómeno que é crianças fora do sistema acredito que poderemos não atingir o êxito na ordem dos 100 por cento, mas a 80, 90 por cento estaremos próximo, mas para que isso aconteça teremos que trabalhar muito”.

Para o presente ano lectivo a província recebeu do ministério da educação cerca de três milhões de manuais escolares para distribuir aos alunos do ensino primário.

Américo Chicoti fala do desejo do sector em ver distribuído o material didáctico às zonas mais distantes;

“Estamos a acompanhar que os materiais não fiquem na sede dos municípios, mas cheguem às comunas e as escolas porque é lá que este material é preciso”.

No oitavo encontro metodológico da educação que encerra nesta sexta-feira no município da Humpata, estarão de entre outros temas em destaque: A realidade actual da implementação das línguas nacionais na província, prevenção e segurança nas escolas e o insucesso escolar.

Fonte: VOA

- Publicidade -
- Publicidade -

Inapem e BODIVA juntam-se para ajudar empresas a obter financiamentos

A Bolsa de Divida e Valores de Angola (Bodiva) e o Instituto de Nacional de Pequenas e Medias Empresas (Inapem) celebraram um protocolo que...
- Publicidade -

Covid-19: Angolanos na África do Sul lançam “grito” de socorro

Centenas de cidadãos angolanos retidos na África do Sul por força da pandemia do coronavírus voltaram a lançar, nesta quinta-feira, um pedido para o...

Moçambique e África Sul reabrem fronteiras

O presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, Agostinho Vuma, acredita que a reabertura das fronteiras entre Moçambique e África do Sul, prevista...

Criada Biblioteca Escolar na Orquestra Camunga

A iniciativa “Um Livro Uma criança Muitas Leituras” criou, na sexta feira, a Biblioteca Escolar da Orquestra Sinfónica Camunga, na Samba, Luanda, com a...

Notícias relacionadas

Inapem e BODIVA juntam-se para ajudar empresas a obter financiamentos

A Bolsa de Divida e Valores de Angola (Bodiva) e o Instituto de Nacional de Pequenas e Medias Empresas (Inapem) celebraram um protocolo que...

Covid-19: Angolanos na África do Sul lançam “grito” de socorro

Centenas de cidadãos angolanos retidos na África do Sul por força da pandemia do coronavírus voltaram a lançar, nesta quinta-feira, um pedido para o...

Moçambique e África Sul reabrem fronteiras

O presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, Agostinho Vuma, acredita que a reabertura das fronteiras entre Moçambique e África do Sul, prevista...

Criada Biblioteca Escolar na Orquestra Camunga

A iniciativa “Um Livro Uma criança Muitas Leituras” criou, na sexta feira, a Biblioteca Escolar da Orquestra Sinfónica Camunga, na Samba, Luanda, com a...

Migrantes ilegais fogem de quartel em Tavira

Um grupo de 17 migrantes ilegais fugiu, durante a madrugada desta quinta-feira, do quartel do exército, em Tavira. Oito já foram capturados pelas autoridades, sendo...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.