InicioDestaquesPREA defende 800 a 1.500 dólares de salario mínimo para função pública...

PREA defende 800 a 1.500 dólares de salario mínimo para função pública

O Partido Republicano de Angola (PREA) vai defender, durante a campanha eleitoral, o salário mínimo de 800 a 1.500 dólares para a função pública. O presidente do partido, Carlos Contreiras, em declarações, ontem, ao Jornal de Angola, disse que esse salário mínimo ajuda os funcionários públicos a minimizar os problemas.

Carlos Contreiras salientou ainda que o seu partido vai promover o fortalecimento das instituições do Estado, o combate à corrupção, a boa governação, o combate à pobreza.

O presidente do PREA apelou a todos os cidadãos com capacidade eleitoral para que façam a actualização dos cartões e o registo eleitoral para que haja uma maior participação nas eleições.
Ao longo da primeira fase do registo eleitoral, disse, o PREA participou activamente no processo de registo, com fiscais nos postos de registo em todo o país. O PREA não participou nas eleições de 2008, porque não conseguiu reunir os requisitos necessários para concorrer.

O PREA é um partido reconhecido pelo Tribunal Constitucional e foi legalizado a 19 de Março de 1997.

Fonte: JA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.