- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Ministro da Defesa afirma que momento actual exige instituições fortes e capazes...

Ministro da Defesa afirma que momento actual exige instituições fortes e capazes

O ministro da Defesa Nacional, Cândido Pereira Van-Dúnem, afirmou terça-feira, na cidade do Luena, província do Moxico, que os desafios e as exigências do Executivo angolano, na actualidade, clamam pela existência de instituições sérias e responsáveis, capazes de dinamizar projectos de grande impacto e implementar acções que visam o progresso e desenvolvimento da nação.

O titular da pasta da Defesa, que se encontra desta a manhã de hoje nesta cidade, fez esta referência quando discursava na cerimónia de abertura da reunião de dirigentes das Forças Armadas Angolanas (FAA), que vai decorrer de 07 a 09 do corrente.

Nesta perspectiva, prosseguiu o governante, “os dirigentes das FAA devem ser portadores de ideias novas, fontes de boas práticas e verdadeiros exemplos de cidadania e de serviço público para construção de um Exército Nacional cada vez mais moderno e à altura dos desafios que o futuro lhe reserva”.

“Por isso, se desejamos acompanhar a dinâmica do desenvolvimento que o nosso país experimenta, temos que fazer todos os esforços no sentido de se elevar os padrões de qualidade no treino, na formação e no aperfeiçoamento dos quadros, bem como na melhoria gradual e progressiva das condições de trabalho, de acomodação das tropas e das suas condições sociais”, ressaltou o ministro.

Recordou que neste particular, durante o ano transacto, o seu pelouro registou com muita satisfação significativas melhorias nas condições de vida dos efectivos, nomeadamente a construção e reconstrução de quartéis em algumas regiões militares, a estabilização do abastecimento logístico regular das unidades militares, bem como o seu abastecimento médico e medicamentoso.

Assegurou que é missão das FAA garantir a defesa militar do país contra qualquer ameaça ou agressão externas, assim como desempenhar outras missões de interesse do Estado, ou participar em tarefas relacionadas com a satisfação das necessidades básicas concorrentes para a melhoria da qualidade de vida das populações.

Cândido Van-Dúnem referiu-se a necessidade imprescindível da adaptação permanente e evolutiva da organização de todos os sectores das FAA, tais como as suas unidades, os estabelecimentos de ensino, a logística, os transportes, assim como outros órgãos e serviços, à dinâmica bem sucedida que o país está a conhecer através de acções responsáveis, tanto de concepção como de execução, forjadas no espírito de racionalização dos meios materiais e humanos.

Defendeu a necessidade da elevação dos níveis de prontidão combativa dos efectivos, afim de se garantir a operacionalidade das Forças Armadas Angolanas, facto que resulta do protagonismo patriótico que se requer dos seus dirigentes e responsáveis, para que a qualquer hora do dia, mês ou ano, o Exército Nacional esteja à altura da defesa das liberdades democráticas e da soberania do pais, alcançadas com suor dos seus melhores filhos de Cabinda ao Cunene e do Mar ao Leste.

“Só com umas Forças Armadas Angolanas devidamente estruturadas e organizadas, ou seja modernizadas, é que poderemos de forma escrupulosa salvaguardar os destinos da nossa Angola, hoje e no futuro”, defendeu o governante.

O encontro de dirigentes das FAA, que se enquadra num conjunto de acções levadas a cabo pelo Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA)tem como objectivo balancear e perspectivar as acções da vida do Exército Nacional.

Testemunharam o acto de abertura o governador provincial do Moxico, João Ernesto dos Santos, o chefe do Estado Maior General das FAA, general Geraldo Sachipengo Nunda, que vai orientar as sessões de trabalho, oficiais generais e superiores dos três ramos militares angolano (Exército, Marinha de Guerra e Força Aérea) e convidados.

Fonte: Angop

- Publicidade -
- Publicidade -

Mali: Bah N’Daw nomeado presidente de transição

O ex-ministro da Defesa Bah N’Daw foi hoje nomeado oficialmente para o cargo de presidente de transição. A cerimónia de tomada de posse está...
- Publicidade -

Covid-19: Síntese Nacional

O quadro sanitário nacional registou, até às 19 horas desta segunda-feira, mais 126 novos casos, dois óbitos e quatro recuperações. No grupo dos 126 novos...

Caso 900 milhões: Carlos São Vicente conhece hoje as suas medidas de coação na PGR

O empresário Carlos São Vicente, suspeito de crime de branqueamento de capitais e peculato, depois de ter visto congelada uma conta sua na Suíça,...

Benguela: Ex-directores do governo provincial condenados

O Tribunal Provincial do Uíge condenou, ontem, Jaime Yamba, ex-director de gabinete do antigo governador Pinda Simão,a quatro anos e seis meses de prisão...

Notícias relacionadas

Mali: Bah N’Daw nomeado presidente de transição

O ex-ministro da Defesa Bah N’Daw foi hoje nomeado oficialmente para o cargo de presidente de transição. A cerimónia de tomada de posse está...

Covid-19: Síntese Nacional

O quadro sanitário nacional registou, até às 19 horas desta segunda-feira, mais 126 novos casos, dois óbitos e quatro recuperações. No grupo dos 126 novos...

Caso 900 milhões: Carlos São Vicente conhece hoje as suas medidas de coação na PGR

O empresário Carlos São Vicente, suspeito de crime de branqueamento de capitais e peculato, depois de ter visto congelada uma conta sua na Suíça,...

Benguela: Ex-directores do governo provincial condenados

O Tribunal Provincial do Uíge condenou, ontem, Jaime Yamba, ex-director de gabinete do antigo governador Pinda Simão,a quatro anos e seis meses de prisão...

Bolsonaro passa por exames médicos em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro esteve nesta segunda-feira, 21, no serviço médico do Palácio do Planalto, onde realizou exames pré-operatórios para a cirurgia de retirada...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.