- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Mais 20 pessoas morrem de frio na Europa

Mais 20 pessoas morrem de frio na Europa

Pelo menos mais 20 pessoas morreram de frio na Europa entre ontem e hoje, quando vários países até então poupados da neve amanheceram cobertos de branco. É o caso da França e do Reino Unido, que sofrem perturbações no transporte ferroviário e aéreo por conta da neve.

Na Inglaterra, o aeroporto de Heathrow, o maior da Europa, opera quase normalmente hoje, depois de ter anulado a metade dos 1.300 voos previstos para o domingo. Um porta-voz aconselha os passageiros a verificar a situação dos voos junto às companhias antes de se dirigirem para o aeroporto.

Mas o que mais preocupa as autoridades é a situação das pessoas sem teto, principais afetados pelas temperaturas glaciais. A Ucrânia, o país mais atingido pela onda gelada no continente, registrou mais nove mortes, elevando o balanço para 131 vítimas nos últimos nove dias, em que os ucranianos têm enfrentado temperaturas de até 37 graus negativos. Também a Polônia registra novas vítimas a cada dia e hoje conta 62 pessoas mortas desde a intensificação do frio.

Na França, as primeiras mortes foram constatadas neste final de semana: até o momento, quatro franceses perderam a vida devido à queda nos termômetros, que chegam a 15 graus negativos. Trinta e nove departamentos continuam em alerta no país, onde o risco de cortes de energia está em elevado em algumas regiões, como os Alpes, devido ao aumento do consumo nos últimos dias.

Fonte: RFI

- Publicidade -
- Publicidade -

Supertaça da Alemanha: Bayern Munique festeja um quíntuplo

Os campeões dos campeões bateram o Borussia Dortmund por 3-2 e conquistaram o quinto título no ano de 2020. Quíntuplo! O Bayern Munique conquistou o...
- Publicidade -

Nyusi anuncia “aperto” das medidas contra Covid-19

Todas as camas de cuidados intensivos em Maputo estão ocupadas, alertou o Presidente Filipe Nyusi. Em Moçambique já foram registados mais 8.700 casos de...

Supremo francês confirma envio de Kabuga para tribunal da ONU

O Supremo Tribunal francês rejeitou o recurso de Félicien Kabuga, acusado de financiar o genocídio de tutsis no Ruanda, validando assim o julgamento internacional. Na...

SINPROF rejeita regresso às aulas

O Sindicato Nacional dos Professores de Angola, SINPROF, rejeitou hoje o programado regresso às aulas na segunda-feira afirmando não existirem condições para garantir a...

Notícias relacionadas

Supertaça da Alemanha: Bayern Munique festeja um quíntuplo

Os campeões dos campeões bateram o Borussia Dortmund por 3-2 e conquistaram o quinto título no ano de 2020. Quíntuplo! O Bayern Munique conquistou o...

Nyusi anuncia “aperto” das medidas contra Covid-19

Todas as camas de cuidados intensivos em Maputo estão ocupadas, alertou o Presidente Filipe Nyusi. Em Moçambique já foram registados mais 8.700 casos de...

Supremo francês confirma envio de Kabuga para tribunal da ONU

O Supremo Tribunal francês rejeitou o recurso de Félicien Kabuga, acusado de financiar o genocídio de tutsis no Ruanda, validando assim o julgamento internacional. Na...

SINPROF rejeita regresso às aulas

O Sindicato Nacional dos Professores de Angola, SINPROF, rejeitou hoje o programado regresso às aulas na segunda-feira afirmando não existirem condições para garantir a...

Alexei Navalny acusa Putin de envenenamento

De acordo com um extracto da entrevista ao Der Spiegel, que vai ser publicada esta quinta-feira, Alexei Navalny diz que "Putin está por detrás...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.