- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mais Entrevista Akwá critica Lito Vidigal e defende seleccionador novo

Akwá critica Lito Vidigal e defende seleccionador novo

Akwá, o melhor marcador de sempre da Selecção angolana, o herói de Kigali por ter marcado um golo que garantiu presença no Mundial de 2006, ex-jogador do Benfica, idolatrado pelos angolanos e actual deputado – falou ao Jornal “A BOLA” sobre a participação dos Palancas no CAN.

Sem meias palavras, aponta críticas a Lito Vidigal e pede a troca do seleccionador por alguém «com maior ambição».

Angola não conseguiu apurar-se para os quartos-de-final do CAN. Que análise faz da prestação dos Palancas Negras na Guiné Equatorial? Foi justo?

Eu acho que foi justo. Não mostrámos argumentos suficientes para ir mais longe no CAN.

O que faltou à Selecção?

O que faltou começou logo na forma e nos jogadores que foram escolhidos para ir ao CAN. Havia outros jogadores que mereciam estar no CAN e que ficaram de fora. Fui das pessoas defendi que o Geraldo deveria ter ido ao CAN. É um bom jogador, jovem, joga no Coritiba, do Brasil, em campeonatos muito competitivos. Também não percebi como o Lunginha, o lateral direito do Kabuscorp, não foi chamado, depois de uma época em que foi o melhor lateral direito do Girabola… Tal como não percebi algumas substituições nos jogos do CAN.

A FAF resiste à pressão popular e de muitos homens do futebol para a substituição do seleccionador, mantendo-o no cargo. É a melhor opção?

Se fizermos um inquérito, 99 por cento dos angolanos querem um novo seleccionador. Os angolanos ficaram muito desanimados e até hoje só se fala no Lito Vidigal… O seleccionador apela a que se faça um balanço de um ano à frente dos Palancas e eu posso fazê-lo. E começo por dizer o que Lito Vidigal passou uma outra imagem aos angolanos. Chegou e criou uma imagem de pessoa humilde, atenta ao futebol angolano e tanto que começou bem, com um bom CHAN. Depois, mudou tudo o que disse e defendeu. Começou por defender a prata da casa, depois esqueceu a prata da casa. Foi buscar jogadores ao estrangeiro que nem jogavam e começou a deixar de fora jogadores em grande forma e qualidade que jogam no País…

Insisto na pergunta: o que deve fazer a FAF em relação a Lito Vidigal?

Acredito que tem de rever rapidamente a sua decisão. Quando as coisas não correm bem, tem de haver mudança. Tem de mudar de seleccionador. Esta decisão de manter o Lito contra tudo e contra todos só vai provocar divisões, mesmo a nível interno, e não vai ajudar nada em relação a recuperarmos a mística, a auto-estima, os bons resultados. Aliás, estou plenamente convencido que há jogadores da Selecção que não estão contentes com Lito Vidigal. Mantê-lo neste contexto não beneficia ninguém, sendo que o mais importante é que não beneficia Angola.

A substituição deveria ser imediata?

Era a melhor opção. Vamos começar um novo ciclo, com o apuramento para o CAN de 2013 e o Mundial de 2014, no Brasil. Temos de começar a preparar já essas campanhas e não agirmos de improviso ou em cima da hora.

Não é sensível ao argumento do Lito Vidigal quando ele disse que o principal e mais difícil tinha sido conseguido: o apuramento para o CAN?

Sensível sou, mas para ser sincero, acho que é pensar pequeno… Deveria ter sido mais ambicioso e, acima de tudo, motivador quando falou das expectativas para o CAN. É vago dizer-se que vamos tentar fazer o melhor. Não é aglutinador, nem para os angolanos nem para os jogadores. Devia ter assumido claramente o objectivo dos quartos-de-final e que depois, no mata-mata, iria fazer-se o melhor possível. Podem dizer que vai dar ao mesmo, mas as palavras têm um peso e não é indiferente a forma como se fala para capitalizar entusiasmo e ambição. Temos de arranjar um seleccionador mais ambicioso, mais atento na escolha de jogadores e mais assertivo na forma como gere um jogo, quer a escalar o onze quer a fazer as substituições.

Fonte: A Bola

- Publicidade -
- Publicidade -

Caso 900 milhões: Irene Neto, filha de Agostinho Neto, com contas congeladas e bens apreendidos em Angola

A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou hoje ao Novo Jornal que as contas de Irene Neto, filha do primeiro Presidente de Angola, Agostinho Neto,...
- Publicidade -

Sector da Cultura incentiva gosto pela literatura

O Gabinete Provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos de Luanda e a organização Clin Carlos procederam nesta quinta-feira ao lançamento de um torneio...

Cabo Verde: Apenas duas mulheres lideram listas nas “autárquicas” de Outubro

Em Cabo Verde, nas oitavas eleições autárquicas, de 25 de outubro, estão apenas garantidas duas listas encabeçadas por mulheres à Câmara Municipal. Na Praia capital,...

Turismo é sustentado por nacionais em cerca de 70 por cento

O turismo internacional em Angola tem sofrido uma retracção, quer em termos de solicitações, quer de receitas, segundo a revista do Programa de Apoio...

Notícias relacionadas

Caso 900 milhões: Irene Neto, filha de Agostinho Neto, com contas congeladas e bens apreendidos em Angola

A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou hoje ao Novo Jornal que as contas de Irene Neto, filha do primeiro Presidente de Angola, Agostinho Neto,...

Sector da Cultura incentiva gosto pela literatura

O Gabinete Provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos de Luanda e a organização Clin Carlos procederam nesta quinta-feira ao lançamento de um torneio...

Cabo Verde: Apenas duas mulheres lideram listas nas “autárquicas” de Outubro

Em Cabo Verde, nas oitavas eleições autárquicas, de 25 de outubro, estão apenas garantidas duas listas encabeçadas por mulheres à Câmara Municipal. Na Praia capital,...

Turismo é sustentado por nacionais em cerca de 70 por cento

O turismo internacional em Angola tem sofrido uma retracção, quer em termos de solicitações, quer de receitas, segundo a revista do Programa de Apoio...

Antártida é o único continente sem registo de qualquer caso

A Antártida é actualmente o único continente sem qualquer caso positivo do novo coronavírus, onde a população convive sem máscaras e assiste ao desenrolar...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.