InicioAngolaPolíticaNovos programas maiores atractivos

Novos programas maiores atractivos

A Radiodifusão Nacional de Angola (RNA) apresentou uma nova grelha que inclui dez programas, nomeadamente “Mãos à obra”, “Clássicos Angolanos”, “Constelações”, “Esteira da Música”, “Cantares de África”, “Contacto”, “Musical Angolano”, “Roda de Amigos”, “Reencontro” e “Pôr do Sol”.
O presidente do Conselho de Administração, Pedro Cabral, considerou que a implementação da nova grelha de programas da RNA vai criar mais atractivos para os ouvintes. “O nosso lema é Unimos o País. Com isso, pretendemos atrair mais os nossos ouvintes em todas as emissoras do país e fazer com que eles passem mais tempo a ouvir os programas da nossa emissão. As rádios provinciais passarão a ter maior tempo de programas locais e haverá maior aposta em todos os domínios – informação, cultura, desporto, educação e entretenimento”, disse Pedro Cabral.
O responsável referiu que a expansão do sinal da rádio em todo o território nacional constitui ainda uma das principais preocupações, considerando ser uma situação “complexa”.
“Existem lugares em que, pela sua densidade populacional, somos obrigados a instalar um emissor. Em outros territórios podemos fazer a extensão através das ondas curtas e médias e existem ainda locais onde a rádio não chega, sobretudo na zona leste do país. É por estes factores que estamos a procurar trabalhar para mudar o quadro. Trata-se de um trabalho que não se resolve de um dia para o outro, porque os investimentos são de grande proporção”, acentuou.
Pedro Cabral disse que alguns programas vão continuar a acompanhar o processo de desenvolvimento do país, como as acções de combate à pobreza, construção de barragens e alargamento da rede escolar.
“A RNA vai prestar também maior atenção aos jovens, mulheres, igrejas e partidos políticos”, acrescentou.
O director nacional de publicidade do Ministério da Comunicação Social, Luandino de Carvalho, considerou a rádio como um parceiro ideal da família, do governo e da sociedade angolana, “porque realiza uma transmissão de valores na educação que tem sido fundamental para o desenvolvimento do país”.

Luandino de Carvalho considerou que os programas “Caminhar” e “Mãos à obra” são ferramentas importantes para o contributo no combate à pobreza, porque vão retratar assuntos ligados ao desenvolvimento económico e social dos angolanos.
“A RNA continua a desempenhar o papel de veículo para que o nosso país continue no caminho certo, porque sempre acompanhou todas as etapas de mudança do país. Com esta nova grelha de programação, vai aumentar a realização dos seus principais e habituais objectivos, que consistem na valorização da nossa pátria”, disse Luandino de Carvalho.
Na nova grelha de programação, as rádios locais vão manter os programas de maior audiência, como a “ Rádio Luanda” e “Rádio 5”.
A cerimónia de apresentação da nova grelha de programas da RNA foi testemunhada pelo vice-ministro da Comunicação Social, Manuel Miguel de Carvalho “Wadijimbi”, directores dos órgãos de comunicação social e profissionais da rádio.

Fonte: Jornal de Angola

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.