InicioAngolaPolíticaMembros da etnia Lunda foram restituídos à liberdade

Membros da etnia Lunda foram restituídos à liberdade

Depois de dias de prisão na comarca do Luena, o tribunal do Luena ilibou os 13 membros da tribo Lunda que no passado dia 19 de Janeiro de 2012 tinham sido detidos no Alto Zambeze, por não concordarem com a entronização na região de uma autoridade tradicional de outra linhagem e de outro grupo étnico.

Numa breve conversa telefónica com a redacção da Voz da América José Mateus, Zecamuxima, da Comissão do Manifesto Jurídico do Protectorado da Lunda Tchokwe explicou o que se passou, referindo que o regime Angolano fomenta conflitos étnicos na nação Lunda, na fronteira com a Zambia.

“As autoridades retiraram compulsivamente os membros do grupo Lunda da sua região, prejudicando os seus afazeres, e nem sequer prestaram assistência alimentar muito menos proporcionaram condições para o regresso para junto das famílias”.

Cinco dos detidos não compareceram ao julgamento, por apresentarem sinais visíveis de tortura infligidos por agentes de segurança no momento de detenção.

Fonte: VOA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.