InicioMundoEstados Unidos fecham embaixada em Damasco

Estados Unidos fecham embaixada em Damasco

Os Estados Unidos fecharam nesta segunda-feira sua embaixada em Damasco e evacuaram seus últimos funcionários na Síria. O anúncio foi feito hoje pelo departamento de Estado, ainda que o presidente Barack Obama afirmasse acreditar em uma solução diplomática para a crise.

Através de um comunicado, os EUA divulgaram que a embaixada americana em Damasco “suspendeu todas as suas atividades à partir do dia 6 de fevereiro de 2012 devido à continuação dos ataques e da deteriorização das condições de segurança”. O documento também informa que o embaixador Robert Ford, todos os funcionários e suas famílias deixaram a Síria, e faz um apelo aos americanos ainda presentes de abandonarem o país.

Segundo o departamento de Estado, as ondas recentes de violência, especialmente os bombardeios em Damasco dos dias 23 de dezembro e desta segunda-feira, que resultaram em 37 mortos e dezenas de feridos, incitaram preocupação já que o local não seria suficientemente protegido contra um ataque.

As embaixadas dos Estados Unidos e de outros países teriam expressado sua preocupação ao governo sírio que os respondeu de forma inconveniente.

Possibilidade de negociação

Em uma entrevista difundida hoje no canal americano NBC, Obama se posicionou contra uma intervenção militar na Síria, considerando a possibilidade de uma negociação. “Parece-me que a cada vez mais a população Síria reconhece que é tempo de virar a página e que o regime de [Bashar Al] Assad está percebendo que a situação se encerra. A questão não é se mas quando o regime cairá”, declarou.

Fonte: RFI

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.