- Publicidade-
InicioEconomiaPrivatização da TAP no primeiro trimestre

Privatização da TAP no primeiro trimestre

Os assessores jurídicos e financeiros do processo de privatização da TAP deverão ser escolhidos até ao final de Fevereiro, um mês depois do previsto, disse esta quinta-feira em Lisboa o secretário de Estado dos Transportes, que adiantou que o governo português ainda não decidiu sobre os cortes salariais na companhia aérea.
“Esperemos que não passe do final de Fevereiro” a escolha destes assessores, afirmou Sérgio Monteiro aos jornalistas, no final de uma audição na comissão parlamentar de Economia e Obras Públicas. O secretário de Estado dos Transportes reconheceu que houve um atraso na escolha destes assessores. “Esperemos que não haja mais atrasos neste processo. Tivemos de tratar de questões de reorganização interna, nomeadamente evitar a greve dos pilotos”, explicou o secretário de Estado.
De acordo com uma apresentação feita pelo ministro das Finanças, Vítor Gaspar, na quarta-feira, na London School of Economics, a privatização da TAP está prevista para o primeiro trimestre deste ano.
O governo de Portugal ainda não tomou qualquer decisão sobre a solicitação de excepção aos cortes salariais apresentado pela TAP. “Não há qualquer decisão tomada nessa matéria”, disse aos jornalistas o secretário de Estado dos Transportes, no final de uma audição na comissão parlamentar de Economia e Obras Públicas, quando questionado se o Governo já tinha tomado uma decisão sobre o pedido de excepção à Lei do Orçamento do Estado apresentado pela TAP. “As decisões que são conhecidas são transversais a todo o Sector Empresarial do Estado (SEE)”, acrescentou Sérgio Monteiro, referindo, citado pela Lusa, que “neste momento a TAP está vinculada às obrigações do SEE”.
Numa circular enviada aos trabalhadores na semana passada, a TAP afirmava que tinha “diligenciado oportunamente junto das autoridades competentes no sentido de serem estabelecidas as medidas de adaptação adequadas às especificidades das empresas do grupo”, não tendo obtido uma resposta.
O secretário de Estado dos Transportes anunciou, na ocasião, que a privatização da ANA, empresa gestora dos aeroportos de Portugal, tem lugar entre o final do primeiro trimestre e o início do segundo trimestre deste ano.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.