InicioMundoManifestantes e policiais entram em choque na cidade do Cairo

Manifestantes e policiais entram em choque na cidade do Cairo

A cidade do Cairo volta a parecer um palco de guerra. Manifestantes revoltados com a morte de 74 claks numa partida de futebol, anteontem, protestam nos arredores da praça Tahrir exigindo o fim do poder militar. Duas pessoas morreram nesta sexta-feira durante os protestos na capital. Um oficial das Forças Armadas foi atropelado acidentalmente por um blindado e um manifestante levou um tiro da polícia.

A crise política está de novo febril no Egito. Na tarde desta sexta-feira, manifestantes pró-democracia e forças da ordem enfrentaram-se nas ruas do Cairo. Os manifestantes atiraram pedras contra as tropas de choque, que ripostaram com bombas de gás lacrimogêneo e disparos de armas.

Os protestos foram convocados para exigir a saída dos militares do poder. O Conselho Supremo das Forças Armadas, chefiado pelo marechal Mohamed Hussein Tantaoui, ex-ministro da Defesa de Hosni Moubarak, é acusado de conspiração no massacre de claks do clube de futebol Al Ahli, e sua ala de ultrarradicais à frente da revolta popular no Egito.

A nova onda de violência já matou quatro pessoas desde ontem. Duas vítimas foram baleadas pela polícia nessa quinta-feira na cidade de Suez; hoje, duas pessoas morreram no Cairo.

O massacre no estádio de futebol pode precipitar a queda dos militares. Os revolucionários pedem a execução do marechal Tantaoui, homem forte do Egito.

Fonte: RFI

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.