- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Polícia no Bengo detém 48 cidadãos estrangeiros que entravam ilegalmente no país

Polícia no Bengo detém 48 cidadãos estrangeiros que entravam ilegalmente no país

Quarenta e oito cidadãos estrangeiros foram detidos Quarta-feira, 01/02, pela polícia nacional no Bengo, quando tentavam entrar ilegalmente no país.

A polícia nacional abordou na localidade do Sarico, região do Panguila, Comuna da Barra do Dande os 48 estrangeiros de diversas nacionalidades, segundo o director do gabinete de informação e análise do comando provincial da polícia nacional, Intendente Adão Francisco.

“Hoje por volta das 3 horas da madrugada, as forças do comando provincial do Bengo da polícia nacional estacionadas na zona costeira da localidade do Panguila, Mais concretamente no Sarico, frustraram mais uma vez 48 estrangeiros que por via ilegal pretendiam fixarem-se em Luanda, destes 48 estrangeiros interpelados como sempre a nacionalidade da Guiné Conacri é a que mais números de estrangeiros apareceu num total de 23, seguindo a Gâmbia com 8, Mali com 6, RDC com 4, Senegal com 3, Mauritânia com 2 e Guiné-Bissau e Congo Brazavile com um cidadão cada”, explicou.

Fonte: RNA

- Publicidade -
- Publicidade -

Nagorno-Karabakh debaixo de fogo: Arménia e Azerbaijão relatam perdas mútuas em combates

A porta-voz do Ministério da Defesa da Arménia, Shushan Stepanyan, relatou na terça-feira (29) a eliminação de veículos blindados azeris durante combate no começo...
- Publicidade -

Covid-19: Professores do ensino geral testados a partir de amanhã

Professores do ensino geral, em Luanda, começam a ser testados amanhã, a partir das 8 horas, no Largo das Escolas, junto ao INE-Marista, informou,...

Mali: Moctar Ouane nomeado primeiro-ministro

Moctar Ouane, antigo ministro dos Negócios Estrangeiros, foi nomeado primeiro-ministro pelo Presidente de transição Bah N’Daw. A notícia foi avançada pela televisão pública ORTM...

Analista: Esclarecimento de homicídios no Brasil é afetado por falta de dados e escolhas políticas

O Instituto Sou da Paz realizou um levantamento em 11 unidades federativas mostrando que quase 70% dos assassinatos ficaram sem solução em 2017. A...

Notícias relacionadas

Nagorno-Karabakh debaixo de fogo: Arménia e Azerbaijão relatam perdas mútuas em combates

A porta-voz do Ministério da Defesa da Arménia, Shushan Stepanyan, relatou na terça-feira (29) a eliminação de veículos blindados azeris durante combate no começo...

Covid-19: Professores do ensino geral testados a partir de amanhã

Professores do ensino geral, em Luanda, começam a ser testados amanhã, a partir das 8 horas, no Largo das Escolas, junto ao INE-Marista, informou,...

Mali: Moctar Ouane nomeado primeiro-ministro

Moctar Ouane, antigo ministro dos Negócios Estrangeiros, foi nomeado primeiro-ministro pelo Presidente de transição Bah N’Daw. A notícia foi avançada pela televisão pública ORTM...

Analista: Esclarecimento de homicídios no Brasil é afetado por falta de dados e escolhas políticas

O Instituto Sou da Paz realizou um levantamento em 11 unidades federativas mostrando que quase 70% dos assassinatos ficaram sem solução em 2017. A...

Corrida aos testes rápidos à Covid-19

Estados Unidos e Organização Mundial de Saúde (OMS) são os primeiros a posicionar-se face ao desenvolvimento de testes rápidos para detectar a Covid-19. Em plena...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.