- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Na China, Angela Merkel pede apoio contra Irão e dinheiro para a...

Na China, Angela Merkel pede apoio contra Irão e dinheiro para a Europa

Angela Merkel chegou nesta quinta-feira a Pequim, iniciando uma visita oficial de três dias à China, onde se encontrou com as autoridades do país. Ela pediu que as autoridades chinesas ajudem a convencer o Irão a desistir do seu controverso programa nuclear e injetem recursos nos fundos europeus de estabilização financeira.

A chanceler alemã, que busca o apoio dos chineses para combater a crise na zona do euro, reuniu-se durante mais de uma hora com o presidente Hu Jintao e o primeiro ministro Wen Jiabao. Mas o tema principal desse encontro foi a adoção das sanções contra o Irão. Missão essa que parece quase impossível, já que a China é dependente do petróleo iraniano e, como já demonstrou em outros casos como o da Síria, tem uma política irredutivelmente contrária a qualquer tipo de sanção.

O Irão é acusado pela comunidade ocidental de utilizar seu programa nuclear de fachada para a construção de uma bomba atômica. “Em relação às sanções europeias contra o Irão, a questão é saber de qual maneira a China pode usar sua influência para ajudar o regime a entender que o mundo não pode ter uma outra potência que possua a arma nuclear.” O primeiro ministro chinês disse à imprensa que ele se recusava de dar um tom político às relações comerciais com os iranianos.

Depois de um encontro com a chanceler alemã, o primeiro ministro chinês também declarou que a China poderia injetar mais recursos no FESF (Fundo Europeu Estabilização Financeira ao MES (Mecanismo Europeu de Estabilização), sem revelar números. Segundo ele, não se trata de uma questão europeia, mas “de um problema mundial.”

Nesta sexta-feira, a chanceler alemã participa de um Fórum Empresarial na província de Guangdong, onde deverá pedir novamente que os chineses invistam no Fundo Europeu. Ela também pedirá ao governo chinês que melhore a proteção da propriedade intelectual e facilite o acesso das empresas alemãs ao território chinês. As autoridades chinesas esperam com essa visita que a cooperação estratégica e comercial entre ambos os países melhore e o investimento recíproco aumente, principalmente na área ambiental e no uso de energias renováveis.

Esta é a quinta passagem de Merkel pelo país asiático nos últimos sete anos, no momento em que os dois países comemoram 40 anos do estabelecimento das relações diplomáticas. 2012 ainda marca o Ano Cultural da China na Alemanha.

Fonte: RFI

- Publicidade -
- Publicidade -

Polidesporto: AMUD terá terceira líder

Instituída há 11 anos, a Associação Angolana a Mulher e o Desporto (AMUD) terá uma terceira líder, depois dos mandatos da fundadora Teresa Quarta,...
- Publicidade -

MPF vai ao TRF-1 para afastar ministro Ricardo Salles do cargo

O Ministério Público Federal (MPF) solicitou nesta segunda-feira (28) ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) que analise o pedido de afastamento do...

Macron acusa políticos libaneses de “traição colectiva”

Emmanuel Macron acusou os líderes libaneses de "traição colectiva" após terem falhado a formação do governo, facto que coloca em causa a ajuda internacional...

Tiroteio em Oregon, nos EUA, deixa mortos

Várias pessoas foram baleadas em uma casa no leste de Salem, no estado de Oregon, nos Estados Unidos, nesta segunda-feira (28). A polícia local confirmou...

Notícias relacionadas

Polidesporto: AMUD terá terceira líder

Instituída há 11 anos, a Associação Angolana a Mulher e o Desporto (AMUD) terá uma terceira líder, depois dos mandatos da fundadora Teresa Quarta,...

MPF vai ao TRF-1 para afastar ministro Ricardo Salles do cargo

O Ministério Público Federal (MPF) solicitou nesta segunda-feira (28) ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) que analise o pedido de afastamento do...

Macron acusa políticos libaneses de “traição colectiva”

Emmanuel Macron acusou os líderes libaneses de "traição colectiva" após terem falhado a formação do governo, facto que coloca em causa a ajuda internacional...

Tiroteio em Oregon, nos EUA, deixa mortos

Várias pessoas foram baleadas em uma casa no leste de Salem, no estado de Oregon, nos Estados Unidos, nesta segunda-feira (28). A polícia local confirmou...

EUA ameaçam fechar embaixada no Iraque

A Administração americana admite encerrar a sua embaixada em Bagdade, no Iraque, caso o Governo não reagir contra as milícias xiitas que têm atacado...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.