- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Desporto Briga em jogo de futebol no Egito deixa dezenas de mortos

Briga em jogo de futebol no Egito deixa dezenas de mortos

Pelo menos 73 pessoas morreram e centenas ficaram feridas durante uma briga de adeptos no estádio de futebol de Port-Saïd, na capital do Egito.  Os adeptos invadiram o campo e atacaram jogadores, após a derrota do melhor time do país. A Federação Egípcia de Futebol decidiu suspender o campeonato.

Os times egípcios Al-Masry e Al-Ahly se enfrentavam na 17ª partida do campeonato nacional, nesta quarta-feira no Cairo, quando fogos de artifício começaram a ser atirados no meio do campo. Em vários momentos, o jogo foi ameaçado de suspensão por causa da tensão nas arquibancadas.

Segundo testemunhas, adeptos do Al-Masry jogaram pedras, garrafas e rojões contra os adeptos do Al-Ahly, como sinal de provocação, o que teria dado início à violência física.

Considerado um dos melhores clubes do país, o Al-Ahly perdeu por 3 a 1, a sua primeira derrota na temporada, na casa do adversário. No momento do apito final, os adeptos invadiram o campo e atacaram jogadores. A polícia não conseguiu conter a multidão. As vítimas foram levadas para hospitais.

“É triste e angustiante o que aconteceu. Trata-se da maior catástrofe na história do futebol egípcio”, declarou o vice-ministro egípcio da Saúde, Hecham Cheïha.

Em outro estádio no Cairo, um incêndio provocou o cancelamento de uma partida que era jogada pelos clubes al-Zamalek e Ismaïly. Autoridades dizem que o fogo foi uma reação à violência no outro estádio da cidade.

O parlamento anunciou que vai realizar uma reunião extraordinária nesta quinta-feira para tratar da violência no futebol.

Fonte: RFI

- Publicidade -
- Publicidade -

Banca portuguesa ensombrada com novos despedimentos

A Agência de 'rating' Fitch, no final de Julho, considerava que, face à nova ameaça para o sector bancário português que representa a crise...
- Publicidade -

Mãe é acusada de matar filha ao desligar dispositivo de oxigénio

Elise C. Nelson, de Paynesville, nos EUA, foi acusada de homicídio depois de, supostamente, ter desligado o alarme do dispositivo de monitoramento de oxigénio...

Guiné-Conacri: Vítimas de massacre de 150 pessoas exigem justiça 11 anos depois

Seis organizações dos direitos humanos exigiram hoje justiça contra os autores do homicídio de mais de 150 manifestantes, violações e outros crimes cometidos há...

Grávida, Chrissy Teigen é hospitalizada devido a forte sangramento

Grávida do terceiro filho, Chrissy Teigen foi hospitalizada devido a um forte sangramento. A modelo, de 34 anos, que já se encontrava de repouso...

Notícias relacionadas

Banca portuguesa ensombrada com novos despedimentos

A Agência de 'rating' Fitch, no final de Julho, considerava que, face à nova ameaça para o sector bancário português que representa a crise...

Mãe é acusada de matar filha ao desligar dispositivo de oxigénio

Elise C. Nelson, de Paynesville, nos EUA, foi acusada de homicídio depois de, supostamente, ter desligado o alarme do dispositivo de monitoramento de oxigénio...

Guiné-Conacri: Vítimas de massacre de 150 pessoas exigem justiça 11 anos depois

Seis organizações dos direitos humanos exigiram hoje justiça contra os autores do homicídio de mais de 150 manifestantes, violações e outros crimes cometidos há...

Grávida, Chrissy Teigen é hospitalizada devido a forte sangramento

Grávida do terceiro filho, Chrissy Teigen foi hospitalizada devido a um forte sangramento. A modelo, de 34 anos, que já se encontrava de repouso...

Polidesporto: Federações renovam mandatos

As federações de xadrez, voleibol e ténis de mesa realizaram sábado as respectivas renovações de mandatos, resultando em voto de confiança para dois presidentes...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.