Radio Calema
InicioAngolaPolíticaPapel de Angola vai ser reforçado

Papel de Angola vai ser reforçado

Angola vai continuar a desenvolver, no próximo ano, acções que conduzam ao crescimento do seu protagonismo nas organizações internacionais, afirmou ontem, em Luanda, o ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti. O país é membro da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), da Comissão do Golfo da Guiné, da União Africana e dos diferentes sistemas das Nações Unidas.O chefe da diplomacia angolana, que falava na tradicional cerimónia de cumprimentos de fim de ano, fez um balanço positivo de 2011, afirmando que as actividades programadas foram cumpridas em mais de 90 por cento. Georges Chikoti, que esteve acompanhado da esposa, Alda Sachiambo, disse que a acção diplomática de Angola em 2012 deve manter a sua linha de orientação consagrada na política externa do país, baseada nos valores instituídos pelas cartas Africana e das Nações Unidas. “Vamos manter a nossa postura em relação aos países vizinhos, que é a da política da boa vizinhança; vamos estabelecer relações diplomáticas com o maior número de Estados possíveis”, adiantou. A promoção das relações económicas, culturais e científicas, da troca de informações e de delegações aos mais variados níveis e a dinamização ou institucionalização de comissões bilaterais de cooperação são outras prioridades do Ministério das Relações Exteriores.Vai ser ainda tida em atenção a celebração e aplicação de acordos de cooperação política, diplomática, económica, técnico-científica e empresarial nas áreas onde se mostrem necessárias a captação de investimentos e facilidades creditícias. Política externa pragmática Durante o ano que finda, “a execução da política externa angolana foi firme, actuante, pragmática e flexível quando necessária, quer no âmbito bilateral quer multilateral”. Segundo o ministro, a diplomacia angolana esteve virada para a defesa dos objectivos e interesses nacionais, nomeadamente a manutenção da paz, da segurança e da estabilidade mundiais. A prevenção, gestão e resolução de conflitos por via do diálogo, a defesa e promoção da cooperação internacional e da integração regional foram outras prioridades da diplomacia angolana. Defendeu também o reforço do papel das organizações multilaterais, regionais e internacionais ao serviço da paz e do desenvolvimento das Nações, e a permanente rejeição de toda e qualquer forma de colonialismo, neocolonialismo, terrorismo, discriminação ou segregação e reconhecimento do direito dos povos à autodeterminação e à sua libertação dos sistemas opressivos. “Procuramos sempre criar um ambiente favorável para garantir o fomento e o estreitamento das relações de amizade com os países vizinhos numa perspectiva de intransigente defesa da paz e da estabilidade regional, do respeito mútuo pela soberania e integridade territorial, de não agressão, de não ingerência nos assuntos internos e de promoção da cooperação regional”, esclareceu o ministro. Organização interna Referindo-se ao programa de organização interna do Ministério que dirige, adiantou que foi feita a admissão, por via de contrato a prazo, de jovens quadros licenciados nos vários ramos das ciências sociais, para reforçar e dotar o quadro de pessoal de mais qualidade. O Ministério está a estudar várias propostas para a institucionalização de um fundo de pensões, que permita às pessoas manterem o salário durante a reforma e, noutros casos, auferirem um aumento de salários. Está igualmente a ser estudado, com os ministérios da Administração Pública, Emprego e Segurança Social e das Finanças, um pacote de ajuste dos salários dos funcionários, quer nas missões externas, quer nos órgãos centrais, com a criação de subsídios a serem acoplados ao salário base. “Este é um processo que pensamos terminar durante o primeiro semestre do próximo ano”, adiantou.

 

 

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Dombele Bernardo

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.