Radio Calema
InicioDesportoFAF considera "golpe duro" afastamento do árbitro Hélder Martins

FAF considera “golpe duro” afastamento do árbitro Hélder Martins

O afastamento do juiz Hélder Martins dos quadros da Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA) foi considerado um “golpe duro” pelo Conselho Central de Árbitros de Angola (CCAFA), soube hoje a Angop de fonte oficial.

De acordo com o presidente do CCAFA, Carvalho Neto, a informação recebida da FIFA que dava conta da ausência da lista dos árbitros propostos para a categoria internacional, de 2012, surpreendeu a direcção da Federação Angolana de Futebol (FAF).
 
O juiz, acrescentou, foi o primeiro na lista de candidatos enviada a Zurique (Suíça), para a próxima temporada a nível internacional.
 
“Hélder Martins era o nosso porta-bandeira nas competições da CAF e da FIFA, onde a selecção nacional não estivesse presente. É uma baixa grande o afastamento inesperado do nosso árbitro de referência. A FAF apostou seriamente na sua formação para atingir os níveis desejados, mas infelizmente tivemos este desfecho triste” – lamentou.
 
Carvalho Neto disse igualmente que Hélder Martins estava a ser preparado para representar o país na Copa do mundo de 2014, no Brasil, assim como os assistentes Inácio Cândido e Jerson Emiliano.
 
Entretanto, disse, a FAF solicitou esclarecimento junto do órgão que rege o futebol no mundo desta tomada de decisão.
 

Enquanto isso, o vice-presidente da Associação de Árbitros de Angola (AAFA), Canda da Costa, considerou precipitada a decisão tomada. “Qualquer gravidade, se isso aconteceu, seria instaurado um inquérito para se apurar os factos e não o afastamento definitivo como aconteceu.

Vamos esperar que haja esclarecimento para podermos nos pronunciar com propriedade” – rematou.   

 
Hélder Martins, que iniciou a carreira de arbitragem em 1998 na Associação Provincial de Luanda (APFL), ingressou  nos quadros da FIFA em 2008.

 

Fonte: Angop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.