Radio Calema
InicioAngolaRegiõesMercados e armazéns no perímetro das linhas ferias devem ser transferidos até...

Mercados e armazéns no perímetro das linhas ferias devem ser transferidos até Fevereiro de 2012

O governador de Luanda, Bento Bento, deu instruções, ontem, aos responsáveis das administrações de Viana e Cazenga para transferirem, até Fevereiro de 2012, os mercados e armazéns localizados no perímetro das linhas férreas e das vias rodoviárias principais dos municípios. Bento Bento efectuou uma visita aos municípios para verificar o estado do saneamento básico e da recolha dos resíduos sólidos.

O governador chamou à atenção dos seus colaboradores para a existência de grandes quantidades de lixo ao longo da linha férrea. Por este motivo o governador pediu maior atenção da Polícia Fiscal no controlo das empresas de recolha de lixo. O vice-governador Miguel Catraio sublinhou que as empresas de recolha de lixo têm de aumentar a capacidade técnica, de planeamento financeiro e a exigência do aumento do desempenho dos seus trabalhadores. Miguel Catraio reconheceu que o Governo Provincial quer aumentar o número de operadoras porque o volume de produção de lixo é elevado e a capacidade de recolha é insuficiente: “temos informações técnicas da Elisal segundo as quais há um défice na capacidade de recolha de lixo na cidade de Luanda”. O governador de Luanda constatou que a venda ambulante e armazéns mal situados têm contribuído para o aumento de lixo em alguns pontos da cidade. Disse que a solução é construir mercados com estruturas que facilitem a comercialização de grossistas e retalhistas. O presidente do conselho de administração do Caminho-de-Ferro de Luanda, Lobo do Nascimento, manifestou ao governador Bento Bento a sua preocupação com a deposição de lixo ao longo da via-férrea porque “esses resíduos podem fazer descarrilar o comboio e criam problemas no funcionamento dos equipamentos”.

 

Fonte: Jornal de Angola

 

Foto: JA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.