Radio Calema
InicioEconomiaTAAG decide reforço das frequências para os destinos brasileiros e europeus

TAAG decide reforço das frequências para os destinos brasileiros e europeus

O número elevado de passageiros nesta quadra levou o Conselho de Administração da TAAG a decidir um aumento da frequência de voos para os destinos mais procurados.
O anúncio foi quarta-feira feito à Comunicação Social pelo administrador da TAAG para a Área de Operações, Rui Carreira, que acrescentou a que medida vigora até ao dia 15 de Janeiro.
O administrador da TAAG apontou as rotas de Lisboa, Rio de Janeiro, Cidade do Cabo e Joanesburgo como aquelas sobre as quais a medida está a ser aplicada.
Rui Carreira apontou que num espaço de 30 dias, a TAAG projecta realizar voos suplementares em dias alternados com destino ao Brasil e para Portugal estão programados 16 voos adicionais.
O administrador da TAAG para a  notou que, desta vez, a decisão abarca destinos em que a pressão se apresenta de forma inusitada, como são os casos de São Tomé, Cabo Verde e Windhoek.
A companhia depara-se também com enorme pressão sobre os seus destinos domésticos, o que leva a administração a tomar medidas semelhantes em relação a estes voos.
Rui Carreira apresentou, por outro lado, um balanço da actividade comercial e operativa da transportadora aérea angolana ao longo do ano, concluindo que os resultados ainda não são os desejados.

Incidentes

O administrador considerou que o início do ano de 2011 foi marcado pelos incidentes em Lisboa e Luanda, com os aviões do tipo “Triplo Seven”, o que obrigou a companhia a alugar aparelhos no estrangeiro.
Reconheceu que a imagem da companhia ficou um pouco beliscada “muito por força de alguns órgãos de imprensa do exterior, que se aproveitaram da situação para denegrir a TAAG”. Disse que a companhia corrigiu o que estava mal e ficou provado que os incidentes não tiveram origem em negligência. Ela conseguiu superar-se, tanto é que, a partir de meados do ano, começou a apresentar rendimentos comerciais bastante animadores”, sublinhou.

 

Madalena José

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Kindala Manuel

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.