Radio Calema
InicioDestaquesReservas internacionais com grande incremento

Reservas internacionais com grande incremento

As Reservas Internacionais Líquidas de Angola devem situar-se, no final do mês, 23,1 mil milhões de dólares contra 17,3 mil milhões registados em Dezembro de 2010, anunciou ontem, em Luanda, o governador do Banco Nacional de Angola (BNA).
Este crescimento, disse José Massano, que discursava na cerimónia de apresentação de cumprimentos de fim de ano, corresponde a um aumento de 33,5 por cento e representa um desafio que o BNA pretende continuar a perseguir.
“Se no domínio internacional o clima tem sido marcado pela crise da divida soberana, no país há a destacar o reforço da estabilidade macroeconómica, em particular a desaceleração da taxa de inflação apoiada pela consolidação fiscal e pela estabilidade cambial, o que deve melhorar as condições para o investimento privado do nosso país”, afirmou.
O governador do Banco Central garantiu que a estimativa aponta para que o Produto Interno Bruto (PIB) cresça cerca de 3,4 por cento, sustentado pela evolução positiva do sector não petrolífero da economia.
José Massano salientou que a aprovação e execução de uma política de investimentos para gestão de reservas internacionais, associada à intervenção de uma auditoria interna, estão a reforçar o controlo interno do banco central.  A aprovação pela Assembleia Nacional da Lei do regime cambial do sector petrolífero, referiu, cria oportunidades para o contínuo crescimento da indústria financeira no país, sobretudo para o reforço da sua capacidade de apoio ao desenvolvimento da produção.
“Estamos seguros que a banca angolana vai responder a mais este desafio que deve trazer uma sofisticação dos modelos de governação e a melhoria dos instrumentos de gestão de risco”, sublinhou.
Nos últimos meses do ano, lembrou José Massano, foi desenvolvido o novo quadro operacional para a política monetária, salientando-se a criação do Comité de Política Monetária e a introdução da taxa básica de juros (taxa BNA), que permitiu uma finalização mais adequada da política monetária por parte do Banco Central.

Combate à inflação

José Massano garantiu que o BNA, no cumprimento da sua missão de velar pela preservação do valor da moeda, centra a actuação na execução de medidas voltadas para o abrandamento do crescimento do nível dos preços na economia. Como resultado, em Novembro de 2011, a inflação acumulada de um ano situou-se em 9,48 por cento, enquanto a dos últimos dois meses era de 11,28, cumprindo-se o objectivo do Executivo para o exercício económico.
“Este resultado animador foi também influenciado pela estabilidade conseguida no mercado cambial”, disse, acrescentando que em função da depreciação da taxa de câmbio em 2,8 por cento, o BNA disponibilizou para a economia, através do sistema bancário, 3,4 mil milhões de dólares. Este valor, frisou, foi disponibilizado de Janeiro até Novembro para assegurar as transacções da nossa economia com o mercado externo.

Poupanças

O Governador do BNA defendeu a importância de se desenvolverem produtos inovadores que incentivem o crescimento dos depósitos em moeda nacional, o que contribui para desdolarização da economia, numa altura em que os depósitos cresceram 39,6 por cento até Outubro. “Neste crescimento, a moeda nacional teve um peso de quase 50 por cento na estrutura dos depósitos totais, já em linha com o aviso sobre classificação das operações de crédito, que permitiu dar um passo na limitação da dolarização do crédito bancário, em particular o de curto prazo”, declarou.
O governador José Massano salientou que a qualidade da carteira de crédito no país tendeu a melhorar, fruto da regularização dos atrasados da dívida pública interna, o que pode ter contribuído para o sistema permanecer estável e sólido com um rácio de solvabilidade regulamentar de 14,8 por cento.


João Dias

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: João Gomes

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.