Radio Calema
InicioDesportoClássico prende Djalma

Clássico prende Djalma

Extremo pode defrontar o Sporting

Djalma Campos, avançado do FC Porto, fica ao serviço do clube até ao clássico com o Sporting, em 8 de Janeiro, e só depois se junta ao estágio dos Palancas Negras para a participação no CAN’2012, no Gabão e na Guiné-Equatorial.
Os dragões enviaram um pedido formal aos responsáveis da Federação Angolana de Futebol (FAF), que depois de consultarem o técnico Lito Vidigal aceitaram receber o jogador uns dias mais tarde do que o previsto.
Vítor Pereira tem, assim, à disposição, para a deslocação a Alvalade, o extremo-direito, titular nos últimos jogos. A Selecção Nacional concentra-se em 2 de Janeiro, já com os jogadores que actuam no estrangeiro. É desta etapa de preparação que Lito Vidigal aceitou dispensar uma das suas principais estrelas. O acordo entre o FC Porto e a FAF prevê que Djalma viaje para Luanda imediatamente a seguir ao primeiro clássico de 2012. Caso o pedido não tivesse sido aceite, o angolano já não voltava a Portugal das mini-férias de Natal que se seguem ao jogo com o Paços de Ferreira.
Djalma é apenas o 19º jogador mais utilizado por Vítor Pereira esta época, mas o seu estatuto na equipa mudou radicalmente na sequência da catastrófica derrota do FC Porto em Coimbra, para a Taça de Portugal.
Entre outras mudanças, o técnico portista decidiu apostar no angolano para o lado direito do ataque, em detrimento de Varela e a verdade é que Djalma nunca mais saiu do onze, mesmo que as exibições não tenham sido particularmente brilhantes.
Vítor Pereira conta claramente com ele e este pedido para que fique até ao clássico de Alvalade – jogo onde o FC Porto vai tentar segurar a liderança no campeonato e, ao mesmo tempo, igualar o seu recorde de invencibilidade no campeonato – é uma enorme prova de confiança dada pelo treinador.
Depois do clássico, o FC Porto fica desfalcado do extremo. Angola faz parte do Grupo -B, juntamente com Costa do Marfim, Sudão e Burkina Faso, contra o qual se estreia a 22 de Janeiro.

A competição prolonga-se até 12 de Fevereiro, pelo que, no limite máximo, Djalma só está disponível para voltar a vestir a camisola do FC Porto na recepção ao Manchester City, na Liga Europa, mas é o desempenho dos Palancas Negras a ditar a data de regresso do jogador a Portugal.

 

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Francisco Bernardo

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.