Segunda-feira, Fevereiro 6, 2023
11.6 C
Lisboa

Cinfotec lança no mercado mais de três mil técnicos

Luanda –  Três  mil  quinhentos  539 cidadãos,  técnicos  qualificados, entre homens e  mulheres, foram lançados no mercado  de emprego angolano  de 2009 a 2011, pelo Centro  Integrado  de Formação  Tecnológica (Cinfotec),  avançou esta quinta-feira, em Luanda, o seu director geral,  José Lourenço.

Os  técnicos,  com  capacidades  e  criatividades  de  criar  o seu  próprio  emprego no ramo  produtivo, muitos  deles  foram recrutados  por  empresas   ligadas  ao ramo petrolífero, electricidade,   de distribuição de água  e outras, de acordo com  José  Lourenço, que falava na cerimónia de encerramento do ano formativo de 2011.

Foram formados  em  mecânica  de manutenção industrial, de equipamentos,  hidráulica e electro-hidráulica,  soldagem,  electricidade  predial, ferramentas  e acessórios,  comandos  eléctricos,  higiene  e segurança no  trabalho.

Submetidos  a trabalhos  teóricos e práticos,   muitos  deles  foram  também  formados em gestão  metrológica  na industria, auxiliar  de controlo de qualidade, instalação  de redes  de computadores  intermédios e outros.

Em 2011, dos   mil e 143  cidadãos matriculados em diversos  cursos,  893  formados  foram  aptos,  representando uma  cifra  na ordem de 78 porcento.

No primeiro ano em que o centro  entrou em funcionamento foram formados  mil  492, enquanto em 2010 foram apenas  904.

A administração dos  cursos contaram  com a parceria do Ministério da Administração  Pública Emprego e  Segurança  Social (Mapess) e da sua  congénere  da Noruega (RKK), que continua  a prestar apoios  em termos de  formação de  técnicos  angolanos no quadro da  expansão do sector industrial.

Com  49 formadores, o Cinfotec estabeleceu  parcerias  com  empresas  como a Algoa,  Isqapave,  Litis Petroleo  Company, Velonet,  Totvs,  INA de Portugal e outros protocolos  estão  por ser  assinados.

Para o ano de  2012,   o Cinfotec  prevê  criar e ampliar bolsas especializadas de formação  interna  e de  colaboradores, certificar  os seus laboratórios  tecnológicos  e equipamentos  técnicos, bem como a implementação  do sistema  de  qualidade.

De acordo com o responsável, será  introduzido o módulo  do empreendedorismo  no currículo  dos  cursos de  qualificação e  da  língua  inglesa (inglês técnico).

Assistiram a  cerimónia de encerramento do ano formativo de 2011, o director nacional do emprego do Mapess, Leonel  de Carvalho Bernardo, de instituições e  empresas públicas e privadas,  pedagogos, formadores  do sistema  nacional de formação profissional e estudantes.

O  Cinfotec  foi inaugurado  no dia  2 de  Setembro  de 2008, pelo Presidente da Republica, José  Eduardo dos Santos. Este  centro  presta  serviços técnicos,  tecnológicos  e de consultoria  técnica.

 

Fonte: Angop

Foto: Angop

POSTAR COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

- Publicidade -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Rei Felipe VI já em Luanda

À sua chegada, Felipe VI e esposa foram recebidos pelo ministro das Relações Exteriores, Téte António, e o embaixador...

Artigos Relacionados

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
  • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
  • Radio Calema
  • Radio Calema