Segunda-feira, Fevereiro 6, 2023
10.6 C
Lisboa

Carlos, o Chacal, é condenado à prisão perpétua

O venezuelano Ilich Ramírez Sánchez, conhecido como Carlos, o Chacal, foi condenado nesta quinta-feira à noite à prisão perpétua pelo Tribunal Especial do Júri de Paris. Ele foi julgado culpado de quatro atentados cometidos na França em 1982 e 1983. Os ataques deixaram 11 mortos e 150 feridos.

 A pena prevista para Chacal é de 18 anos, sem direito a uma revisão do tempo de detenção. Com 62 anos, Chacal está preso desde 1994, quando foi detido no Sudão por agentes franceses.

O júri também condenou à prisão perpétua dois de seus cúmplices nos atentados: o alemão Johannes Weinrich, que cumpre pena em seu país por outros crimes, e o palestino Ali Kamal Al Issawi, que se encontra foragido.

A defesa vai recorrer e alegou que Carlos é vítima de um “processo político”. De acordo com seus advogados, os arquivos dos serviços secretos dos antigos países comunistas da Europa do leste não são confiáveis, porque protegiam e ao mesmo tempo vigiavam Carlos e seus amigos.

Figura simbólica da luta pró-palestina, Carlos Chacal assumiu depois da condenação “a responsabilidade política e militar de todos os atentados cometidos pela Organização de Revolucionários Internacionalistas”, criada por ele mesmo, e da “Frente Popular para a Libertação da Palestina (FPLP).

Com a colaboração de Carla Tomazini.

 

Fonte: RFI

Foto: AFP / JACK GUEZ

POSTAR COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

- Publicidade -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Beyoncé está perto de se tornar artista com maior número de Grammys

Beyoncé conquistou dois Grammys na tarde deste domingo, na pré-gala da premiação mais prestigiada da indústria da música, onde...

Artigos Relacionados

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
  • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
  • Radio Calema
  • Radio Calema