Radio Calema
InicioAngolaRegiõesNovas centralidades melhoram habitação

Novas centralidades melhoram habitação

Cerimónia solene de lançamento da obra

Nas zonas da Quilemba e da Eywa, arredores da cidade do Lubango, província da Huíla, vão nascer duas urbanizações, com capacidade para acolher 1.400 habitantes.
Ontem, foi lançada a primeira pedra do projecto de construção da urbanização da Quilemba, com onze mil fogos habitacionais para cerca de 700 mil habitantes.
O lançamento da primeira pedra do projecto foi feito ontem pelo secretário-geral do MPLA, Julião Mateus Paulo “Dino Matross”. Enquadradas no projecto “Rede de Angola”, as obras de construção da urbanização da Quilemba começam a ser executadas no princípio de Janeiro do próximo ano e devem durar cerca de 24 meses.
O director-geral do grupo chinês CITIC em Angola, Cui Jiming, anunciou a construção de edifícios de dois a cinco andares, semelhantes aos da urbanização do Kilamba, em Luanda.  O representante da CITIC em Angola garantiu que a construção vai oferecer emprego a cinco mil jovens. Cui Jiming disse que estão já criadas as condições técnicas, materiais e humanas.
O governador daprovíncia da  Huíla, Isaac dos Anjos, afirmou, no acto de lançamento da primeira pedra, que o projecto está enquadrado no programa de expansão da cidade do Lubango.
O governador daprovíncia da  Huíla, Isaac dos Anjos, disse que a urbanização da Eywa vai albergar 700 mil habitantes e estará ligada, por estrada, à Quilenda.

 

Arão Martins e Estanislau Costa | Lubango

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Arimateia Baptista

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.