Quarta-feira, Fevereiro 8, 2023
7.8 C
Lisboa

Cantor Heavy C quer mais protecção para os direitos de autor dos artistas

Autor de “Homem Casado” pede a intervenção das instituições culturais que resguardem das obras discográficas dos angolanos

Heavy C afirmou estar insatisfeito com as instituições culturais que regulam a actividade artística no país e que defendem os artistas angolanos, devido à inexistência de estruturas sólidas que resguardem as obras dos artistas.
O músico, que fez esta afirmação na quarta-feira, em Luanda, durante o seu espectáculo promovido pela Casa Blanca, no projecto “Quartas Tropicais”, justificou a sua insatisfação pelo facto de duas músicas da sua autoria, com destaque para “Homem Casado”, terem sido plagiadas por cantores brasileiros, facto que é do conhecimento público.
Heavy C disse ainda “que muitos artistas angolanos se sentem desprotegido e que é urgente uma maior protecção das instituições de direito, para que o produto nacional seja salvaguardado”.
“Muitos de nós trabalham para outros tirarem dividendos porque as músicas plagiadas atingiram mais de 62 mil visualizações no YouTube”.
O espectáculo muito animado, com a introdução de arte cénica em algumas músicas, o que levou o público a aplaudir. O suporte instrumental do espectáculo esteve a cargo de uma banda, formada por uma selecção de artistas de diferentes conjuntos angolanos.

O cantor interpretou 15 temas, entre as quais “Porquê”, “Filme”, “Homem Casado”, “P’ra quê ”, “Cunhado”, “Casa Alugada”, “Corno”, “Telefone é meu”, “Distância”, “Pr’a valer”, dos discos “Bem na hora”, “Pr’a Acabar”, “Não Largo o Amor”. Com uma duração de cerca de três horas, o concerto contou com as participações de Pérola, Patrícia Faria, C4 Pedro, Faria, Yola Araújo, Canícia, Edmásia, Jorge Cervantes, Pirica Duia, grupo Zona 5, Calado Show e da brasileira Mulher Jaca.
A ausência de Ary, que se encontra em Portugal, a gravar mais um videoclipe, suscitou desânimo entre alguns dos presentes, enquanto as de Yola Semedo e Matias Damásio não foram esclarecidas.
O show da próxima quarta-feira tem como cabeça de cartaz  Lina Alexandre. A actividade serve para homenagear alguns artistas conceituados, com destaque para Teta Lando. Sam Manguana, Ricardo Lenvo, Pira Kanda, Teta Lágrimas, e Yannick, dos Afroman, são os artistas convidados para animar o concerto.

Roque Silva

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Mota Ambrósio

POSTAR COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

- Publicidade -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ministro colombiano propõe descriminalizar incesto entre adultos

O ministro da Justiça da Colômbia, Néstor Osuna, apresentou ao Congresso um projeto de lei com uma proposta polêmica:...

Artigos Relacionados

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
  • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
  • Radio Calema
  • Radio Calema