Domingo, Fevereiro 5, 2023
12.2 C
Lisboa

Angola discute terceira posição do grupo

Campeãs africanas estão confiantes na conquista da terceira vitória na competição apesar de reconhecerem o poderio das alemãs

A Selecção Nacional de Andebol Sénior Feminina procura, hoje, às 18h00 de Angola, vencer a similar da Alemanha, em jogo da derradeira jornada do Grupo-A do Campeonato do Mundo, a decorrer, desde o dia 2, em quatro cidades brasileiras.
As angolanas, que asseguraram a qualificação aos oitavos-de-final da competição ainda nas duas primeiras jornadas, esperam alcançar a terceira vitória para assegurar o terceiro lugar do grupo e evitar o cruzamento com o primeiro do Grupo-B, provavelmente a Rússia ou a Holanda, que à entrada da quarta ronda estavam invictas.
A Alemanha tem mostrado que não está bem, alternando bons e maus desempenhos, pelo que é um opositor perfeitamente ao alcance de Angola. O desafio de hoje coloca frente-a-frente duas selecções que somam outras tantas vitórias. Quem vencer, ocupa certamente a terceira posição do grupo.
As germânicas começaram a vencer, tal como as angolanas. Surpreendeu a Noruega e Angola derrotou a China.
Na segunda jornada, novo triunfo das Pérolas de África, enquanto as alemãs perdiam com Montenegro. Na terceira ronda, Angola consentiu a derrota com Montenegro e Alemanha teve de suar para vencer a China. Hoje, angolanas e alemãs medem forças num confronto de desfecho imprevisível, dado o valor equiparado das contendoras. No último confronto, em 2009, as alemãs levaram a melhor, por 25-21, quando ao intervalo perdiam por 12-13.
As comandadas de Vivaldo Eduardo e Edgar Neto pretendem inverter o quadro e vergar, pela primeira vez, o conjunto germânico, cujo desempenho neste edição da prova tem sido algo titubeante. Mas, para que tal aconteça, a Selecção Nacional tem de melhorar a prestação ofensiva.
Ontem, dia de folga, a equipa nacional voltou a aprimorar as variantes tácticas, fundamentalmente as movimentações ofensivas, onde tem pecado bastante, com muitas perdas de bolas e ataques de um para zero falhados, situação que ditou praticamente a derrota frente a Montenegro. O jogo de amanhã é um tira-teimas para a equipa angolana, que já deu mostras que pode competir com as mais fortes.O cartaz para hoje inscreve ainda os jogos Noruega-Montenegro (20h15) e Islândia-China (22h30).

Amândio Clemente | Santos

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Rogério Tuti

 

POSTAR COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

- Publicidade -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Delfim Neves denuncia “caça às bruxas” em São Tomé

Delfim Neves teme pela própria vida e diz pairar em São Tomé uma sensação de "caça às bruxas". Em...

Artigos Relacionados

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
  • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
  • Radio Calema
  • Radio Calema