Radio Calema
InicioAngolaPolíticaA história dos símbolos do MPLA

A história dos símbolos do MPLA

Bandeira do M.P.L.A

A história científica se fixa com datas, protagonistas e factos. Acerca da simbologia do MPLA está pouco disseminado o conhecimento dos autores dos principais símbolos, logo não existem muitas fontes escritas a respeito do assunto, restando como último recurso as fontes orais.

Embora tivesse chegado ao Congo em 1963, o general Benigno Vieira Lopes “Ingo”, um destemido combatente que comandou a guerra de guerrilha na primeira região, é uma das poucas pessoas que pôde contar a “O PAÍS” algo sobre a origem dos símbolos do MPLA.

Segundo conta, a letra do hino do MPLA é uma obra deixada por Nicolau Gomes Spencer “Muan Ndozy”, um ex-seminarista que pretendia estudar Direito, mas as necessidades da luta levaram-no a dinamizar a guerrilha na Frente Leste onde acabou por tombar em combate na Lunda-Norte.

Na verdade, a conversa no Centro de Convenções de Belas teve como fito reconfirmar a informação dominada desde os anos 80, quando na sua qualidade de chefe da Direcção Principal de Quadros do Ministério da Defesa, o então tenente-coronel deslocava-se ao Huambo onde existia a Escola de Oficiais Inter-Armas das ex-FAPLA, cujo patrono era justamente “Muan Ndozy”, e contava algumas histórias sobre a luta de libertação nacional e seus protagonistas.

Na interpelação feita por este jornal respondeu a confirmar não só este dado como ainda avançou mais: “quem fez a música do hino do MPLA, que nós na altura chamávamos marcha, foi o camarada Presidente José Eduardo dos Santos”.

O general das Forças Armadas Angolanas, Benigno Vieira Lopes “Ingo”, não pôde precisar a data em que isso aconteceu mas esclareceu que “quando eu cheguei ao Congo, em 1963, já encontrei, já se cantava a marcha”.

Disse não ter informações sobre quem terá sido o autor do crachá do MPLA, pois já o encontrou também, emitindo no entanto a seguinte ideia acerca da bandeira: “sei que quem idealizou a bandeira do MPLA  foi o Viriato da Cruz”.

 

 

Fonte: O País

Foto: O País

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.