Segunda-feira, Fevereiro 6, 2023
11.6 C
Lisboa

Grandes do basket jogam “Taça EME”

Joaquim Xavier (Interclube) e Carlos Almeida (1º de Agosto) podem ser apostas dos técnicos José Carlos e Mário Palma Fotografia: José Cola

1º de Agosto e Interclube abrem hoje, às 15h30, no Pavilhão Gimnodesportivo da Cidadela, a primeira de duas jornadas referentes à segunda edição do torneio quadrangular “EME”, alusivo às festividades dos 55 anos do MPLA, que se assinala no próximo dia 10 de Dezembro.
Às 18h00, jogam no mesmo recinto Petro de Luanda, campeão nacional, e Recreativo do Libolo, segundo classificado do BAI-Basket, designação do Campeonato Nacional Sénior Masculino.
Na partida inaugural, os militares do Rio Seco, às ordens de Mário Palma, técnico que volta a orientar aquela formação sete anos depois, são favoritos à vitória, dada a qualidade técnica individual dos seus jogadores, cujo destaque recai no quinteto liderado pelo “general” Miguel Lutonda: Carlos Almeida, Joaquim Gomes “Kikas” e os reforços Reggie Moore e Domingos Bonifácio.
O Inter, formação orientada por José Carlos Guimarães, as coisas afiguram-se mais complicadas pelo facto dos polícias não poderem contar com os préstimos de Simão Panzo, base, Euclides Camacho e José Nascimento, extremos, que estão desde Setembro fora da equipa, devido a questões administrativas. Para além destes, há ainda a registar as saídas de Wilson da Mata e Luís Costa, para o ASA e Libolo. José Carlos vai apostar em Milton Barros, contratado esta época, Edmundo Ventura e Eduardo Mingas, para contrapor o favoritismo do seu opositor. Em perspectiva um bom jogo para os adeptos que acorrerem ao Pavilhão Principal.
No segundo confronto jogam Petro e Libolo, após um triunfo para cada lado nos jogos já disputados entre si na presente época. O Libolo venceu no Huambo, em jogo referente à Supertaça Wlademiro Romero, e os petrolíferos na África do Sul, na fase preliminar qualificativa para a Taça dos Clubes Campeões Africanos.
O terceiro jogo entre ambos é, com certeza, o tira teimas. Apesar de campeões nacionais, os tricolores  repartem as probabilidades de triunfo em 50 por cento com os comandados de Raul Duarte.
Com muita juventude na equipa, Babo tem em Carlos Morais e Roderick Nealy, os “abonos de família” para o antagonista desta noite. Divaldo M´bunga, Roberto Fortes, Paulo Santana, Cedrick Isom, e os reforços Abdel Gomes e Simão Santos, ambos saídos do Libolo completam as armas do técnico.

Independentemente de ter sofrido uma forte sangria na sua estrutura, com as saídas de peças fundamentais como Leonel Paulo, Reggie Moore e outros, a formação da vila de Calulo não pretende, deixar os seus créditos por mãos alheias.

Fonte: JA

POSTAR COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

- Publicidade -spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Rei Felipe VI já em Luanda

À sua chegada, Felipe VI e esposa foram recebidos pelo ministro das Relações Exteriores, Téte António, e o embaixador...

Artigos Relacionados

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
  • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
  • Radio Calema
  • Radio Calema